WhatsApp SAC (31) 98799-0134 WhatsApp Vendas (31) 99294-0024 Ligamos para Você Central de Vendas (31) 3899-7000
0

Seu carrinho está vazio

Clique aqui para ver mais cursos.

Conheça nossos Cursos Profissionalizantes (combos) com 40% de DESCONTO

Informática a serviço da educação

Computadores podem ser instrumentos eficazes de aprendizagem

Mesmo que algumas pessoas ainda relutem, é inegável a grande presença hoje do computador e da internet na vida diária. Algumas ações, como comprar uma bolsa, mandar uma mensagem ou ouvir músicas pela web já se tornaram tão habituais que muitas vezes nem percebemos o quanto estamos imersos no mundo digital.

A informática pode servir como um instrumento ativo e eficaz para aumentar e facilitar a aprendizagem

É inegável, por exemplo, o quanto a informática ampliou as possibilidades de comunicação e acesso à informação. Desse modo, o computador ampliou horizontes, aumentou a produtividade no trabalho, as possibilidades de lazer e o acesso a novas culturas. E, claro, com tantas possibilidades, a informática não poderia ficar de fora do mundo educacional. Muito pelo contrário, ela pode servir como um instrumento ativo e eficaz para aumentar e facilitar a aprendizagem de estudantes em todas as fases da vida.

O uso da informática na educação é uma prática antiga nos países desenvolvidos, mas no Brasil tem ganhado espaço apenas nos últimos anos. No final da década de 1960, o governo tentou difundir a ideia de tecnologia educacional nas escolas, em um momento de rápido crescimento econômico. No entanto, muitos estudiosos e críticos do período afirmam que a tentativa de inserir a tecnologia no ensino apenas mascarava a realidade da educação e que não seria suficiente para resolver os problemas do setor.

De fato, os críticos acreditavam que a iniciativa buscava adequar a educação brasileira à situação econômica do país, já que uma realmente não era compatível com a outra. Porém, apesar do interesse demonstrado em usar a tecnologia na educação, nada foi feito de concreto e o assunto ficou na gaveta por cerca de duas décadas.

Intenções concretas de implantação da informática no Brasil só ocorreram nos anos 1980. No entanto, com a crise econômica, todos os projetos que se seguiram desde essa época andaram a passos bem lentos. Enquanto isso, nos Estados Unidos, em 1983, 53% das escolas já possuíam computadores. O mesmo acontecia na Espanha e em diversos outros países da Europa. Política que foi reforçada por bons salários para os professores, escolas em tempo integral e a capacitação dos profissionais que trabalhavam com educação.

O resultado foi o rápido desenvolvimento da educação nesses países, enquanto a brasileira foi perdendo bastante em qualidade. É certo que as grandes dificuldades econômicas atrapalharam o desenvolvimento do país como um todo. Mas, enquanto tentou-se salvar a economia, bem pouco foi feito pela educação. A história de outros países já demonstrou que o desenvolvimento econômico e social é quase impossível sem uma sólida base educacional.

Além das dificuldades econômicas, o Brasil não possuía tecnologia própria para a implantação da informática nas escolas e enfrentou a sanção estrangeira. Somente no final da década de 1990, com o começo da melhoria da situação econômica e com investimentos feitos na área de informática é que começou-se a inserir o uso de computadores na educação.

Aos poucos, timidamente, os alunos começaram a ter aulas de informática, realizar pesquisas na internet e usar alguns programas no computador. Mas, depois de um tempo, sobretudo nos últimos anos, em que o Brasil despontou como uma das principais economias mundiais e com o aumento da renda da população, o uso do computador se popularizou no cotidiano das famílias e das escolas.

Hoje, é bem provável que um estudante não imagine mais viver sem um computador para fazer as tarefas mais simples da escola. Alguns deles sabem usar as máquinas melhor do que muitos professores. Entretanto, a tecnologia nunca substituirá o papel destes na educação, sobretudo dos ensinos fundamental e médio.

O computador é uma ferramenta importante para auxiliar os professores na formação dos estudantes. O CPT – Centro de Produções Técnicas desenvolveu o curso Uso da Informática na Educação – Fundamental e Médio com o intuito de preparar os educadores, tanto tecnológica quanto didaticamente para inserir o computador no cotidiano do ensino. O curso ensina a usar o computador a favor do professor e dos alunos no processo de aprendizagem. Porque, se a tecnologia permitiu o acesso à informação e à cultura, são os professores que a transmitem de modo seguro e pemanente.

Por Maria Clara Corsino

Leia também

Gestão de sala de aula

Como apresentar o tema meio ambiente a alunos do ensino fundamental

Educando para o trânsito

Faça já o Download Grátis
Faça já o Download Grátis LDB Completa e Atualizada

Basta preencher os campos abaixo para receber o material por e-mail:

O CPT garante a você 100% de segurança e
confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

O CPT garante a você 100% de segurança e
confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Seu comentário foi enviado com sucesso!

Informamos que a resposta será publicada o mais breve possível, assim que passar pela moderação.

Obrigado pela sua participação.

Últimos Artigos

Artigos Mais Lidos

Fique por dentro das novidades!