WhatsApp SAC (31) 98799-0134 WhatsApp Vendas (31) 99294-0024 Ligamos para Você Ligue Agora (31) 3899-7000
0

Seu carrinho está vazio

Clique aqui para ver mais cursos.

Formigas Cortadeiras - controle por escavação

Formigas Cortadeiras - controle por escavação

 

O controle mecânico de formigas cortadeiras consiste na extirpação de seus ninhos na área e, embora seja inviável em propriedades extensas, é extremamente útil em pequenas áreas, especialmente no caso de ocorrência de quenquéns, cujas panelas de fungos são mais superficiais.

No caso do gênero Atta, essa técnica só é recomendada até os três ou quatro meses seguintes à revoada, uma vez que, nessa época, a rainha ainda se encontra em pequena profundidade (cerca de 20 cm). A localização dos sauveiros novos é facilitada pelo montículo de terra solta formado de grânulos pequenos e amontoados ao redor do olheiro inicial. A escavação é feita com o auxílio de uma enxada ou pá, até que se encontre e elimine a rainha. A escavação não deve ser feita imediatamente após a revoada, pois a grande maioria das rainhas irá morrer, naturalmente, sem conseguir implantar uma nova colônia.

Confira, abaixo, algumas dicas extreamente necessárias ao controle formaigas cortadeiras. Estas  informações e tecnologias foram devidamente testadas e aprovadas por pesquisas em campo. Portanto, saiba como agir ao se deparar com este problema e tenha sucesso em seu empreendimento.

- Formigas Cortadeiras - espécies, manejo integrado e métodos de combate à praga

- Importância do controle e do combate das saúvas e quenquéns

- Quem são as saúvas e os quenquéns e como vivem

- Manejo integrado de saúvas e quenquéns

- O que são as técnicas preventivas ao ataque de saúvas e quanquéns

- Uso de barreiras físicas

- Uso de plantas poucos apreciadas, resistentes ou tóxicas

- Desmatamento racional e diversificação do plantio

- Conservação de inimigos naturais

- Técnicas curativas

- Monitoramento e decisão

- Combate direto com formicidas

- Combate químico por formicidas em pó

- Monitoramento e decisão

- Combate direto com formicidas

- Combate químico por formicidas em pó

- Combate químico por iscas granuladas

- Combate químico por termonebulização

Por Silvana Teixeira

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

O CPT garante a você 100% de segurança e
confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Seu comentário foi enviado com sucesso!

Informamos que a resposta será publicada o mais breve possível, assim que passar pela moderação.

Obrigado pela sua participação.

Últimos Artigos

Artigos Mais Lidos

Fique por dentro das novidades!