WhatsApp SAC (31) 98799-0134 WhatsApp Vendas (31) 99294-0024 Ligamos para Você Central de Vendas (31) 3899-7000
0

Seu carrinho está vazio

Clique aqui para ver mais cursos.

Black Friday 30%OFF nos cursos online 15% OFF nos cursos em livro+DVD + 5% OFF extra no cartão de crédito

Estudando economia? Conheça a Contabilidade Social

É através da Contabilidade Social que obtemos um retrato da realidade econômica dos países ou regiões, que nos permite acompanhar como crescem e se desenvolvem ao longo do tempo

Estudando economia? Conheça a Contabilidade social   Artigos Cursos CPT

 

A contabilidade social, ou nacional, é um conjunto de instrumentos que permite medir a totalidade das atividades econômicas, através da organização das variáveis macroeconômicas (dos agregados econômicos que são produto, renda e despesa).

É através da Contabilidade Social que obtemos um retrato da realidade econômica dos países ou regiões, que nos permite acompanhar como crescem e se desenvolvem ao longo do tempo. Ela mede a atividade econômica em seus múltiplos aspectos”, afirma Prof. Hélvio Tadeu Cury Prazeres, do Curso CPT Fundamentos da Economia.

Por meio da Contabilidade Social é possível conhecer os sistemas contábeis de estatísticas econômicas oficiais e seus instrumentos de análise. Portanto, ela deve ser entendida como um sistema contábil que permite a avaliação da atividade econômica em um determinado período.

Hoje, a Contabilidade Social é praticada em todo país, permitindo uma visão relativamente exata do estado econômico e do seu ritmo de crescimento. O estudo da Contabilidade Social não é recente, pois, nos fins do século XVII, já era utilizado o conceito de renda nacional.

Quando surgiu a Contabilidade Social?


A Contabilidade Social desenvolveu-se e, no século passado, principalmente depois de 1920, os estudiosos começaram a reconhecer inúmeros conceitos de renda (produto, renda, despesa, a preços de mercado, a custo dos fatores etc.). Os problemas econômicos do pós-guerra aceleraram os estudos da Contabilidade Social, e aqueles conceitos de renda nacional foram englobados em uma estrutura mais ampla, o sistema de contas nacionais, que descrevem as principais operações da economia, relacionando os mais importantes setores econômicos.

Ao mesmo tempo em que desenvolvia o sistema anterior, desenvolveu-se um sistema de registro das transações interindustriais (Input-Output) para proporcionar uma visão estatística da interdependência do sistema econômico. Recentemente, desenvolve-se um novo sistema, o de fluxos financeiros para registrar todas as transações realizadas entre os diversos setores e são efetuados através da moeda e do crédito.

Todos esses sistemas que foram citados até agora trabalham com conceitos de "fluxos", isto é, o que foi produzido, consumido, pago, recebido etc., "por unidade de tempo". Em sentido contrário a fluxos, existem as variáveis "estoques", que mostram uma situação num determinado momento. Assim, para completar a visão quantitativa da economia, foi desenvolvido um sistema de "balanços nacionais", relativos aos estoques, com o objetivo de fazer um levantamento de todos os ativos e passivos existentes em um determinado momento. Nesse sistema, os conceitos de riqueza nacional e capital nacional constituem o núcleo básico.

Aprimore seus conhecimentos sobre o assunto. Leia a(s) matéria(s) a seguir:


- Estudando economia? Conheça a microeconomia
- Por que estudar economia?

Conheça os Cursos CPT da área Metodologia de Ensino.
Por Silvana Teixeira.

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

O CPT garante a você 100% de segurança e
confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Seu comentário foi enviado com sucesso!

Informamos que a resposta será publicada o mais breve possível, assim que passar pela moderação.

Obrigado pela sua participação.

Últimos Artigos

Artigos Mais Lidos

Fique por dentro das novidades!