WhatsApp SAC (31) 98799-0134 WhatsApp Vendas (31) 99294-0024 Ligamos para Você Central de Vendas (31) 3899-7000
Como podemos te ajudar?
0

Seu carrinho está vazio

Clique aqui para ver mais cursos.

Classificação dos embriões bovinos quanto à morfologia

Classificação dos embriões bovinos quanto à morfologia

A avaliação dos embriões deve ser feita por um técnico especializado, que os classificará de acordo com as características morfológicas.

A avaliação dos embriões deve ser feita por um técnico especializado, que os classificará de acordo com as características morfológicas. Eles podem pertencer ao grau 1, grau 2, grau 3 e grau 4.

Grau 1

O embrião de grau 1 possui uma massa embrionária simétrica e esférica com blastômeros individuais que são uniformes em tamanho, cor, densidade e forma regular. A zona pelúcida não deve apresentar superfície côncava ou plana, deve ser lisa, preferencialmente intacta. As células extrusadas da massa celular do embrião bovino compreendem menos de 15% do material celular total.

Grau 2

O embrião de grau 2 apresenta forma regular, zona pelúcida intacta ou não, irregularidades moderadas na forma geral da massa embrionária, ou no tamanho, cor e densidade das células individuais. As células extrusadas da massa celular do embrião compreendem mais de 15% do material celular. Pelo menos 50% das células compõem uma massa embrionária viável intacta.

Grau 3

O embrião de grau 3 possui irregularidades maiores na forma geral da massa embrionária ou no tamanho, na cor e na densidade das células individuais. Apresenta menos de 75% das células degeneradas. Pelo menos 25% das células compõem uma massa embrionária viável intacta.

Grau 4

O embrião de grau 4 apresenta massa embrionária de menos que 25% de todo material celular presente no interior da zona pelúcida, ovócitos ou estruturas unicelulares degeneradas.

Aprimore seus conhecimentos, acessando os Cursos CPT, da área Gado de Corte, elaborados pelo CPT – Centro de Produções Técnicas, entre eles o Curso Transferência de Embriões e Fertilização in Vitro.

Por Andréa Oliveira.

Acesse os links abaixo e conheça mais sobre a transferência de embriões:

A técnica da fertilização in vitro (FIV) e o cultivo de embriões bovinos

Aplicações da transferência de embriões em bovinos

Coleta não cirúrgica de embriões

Transferência de embriões em bovinos

Transferência cirúrgica e não cirúrgica de embriões bovinos

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

O CPT garante a você 100% de segurança e
confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Seu comentário foi enviado com sucesso!

Informamos que a resposta será publicada o mais breve possível, assim que passar pela moderação.

Obrigado pela sua participação.

Últimos Artigos

Artigos Mais Lidos

Quer mudar de vida e ter sucesso profissional? Vamos te ajudar!