WhatsApp SAC (31) 98799-0134 WhatsApp Vendas (31) 99294-0024 Ligamos para Você Central de Vendas (31) 3899-7000
Como podemos te ajudar?
0

Seu carrinho está vazio

Clique aqui para ver mais cursos.

Campolina, cavalo de andamento marchado e de porte altivo

O cavalo campolina está entre os preferidos para a prática de enduro equestre e hipismo rural

 

As cores de pelagens mais recorrentes são a alazã, a baia, a castanha, a preta, a tordilha e a pampa. Foto: campolina.org.br

Legitimamente brasileira e proveniente do estado de Minas Gerais, essa famosa raça é reconhecida por seu andamento marchado, que proporciona uma equitação ideal. Além disso, o cavalo campolina é dócil, de fácil adestramento e resistente a longas caminhadas.

Histórico

A formação da raça campolina se deu na cidade mineira de Entre Rios e data do século 19, por volta de 1870. Essa raça de cavalo é o resultado do cruzamento entre uma fêmea da raça marchadora e um garanhão da raça europeia Andaluz. O criador responsável pela experiência bem sucedida chamava-se Cassiano Campolina.

Ao longo dos anos, vários outros nomes de criadores se destacaram nos testes de aperfeiçoamento da raça. Assim, outras seleções e experiências foram realizadas objetivando o melhoramento. Algumas delas foram feitas com cavalos PSI, anglo-normando e marchador.

Com o tempo, definiram-se características próprias ao campolina e, consequentemente, um padrão racial. Para dar suporte aos proprietários, realizar os registros dos animais e os cadastros dos criadores, surgiu em 1951 a Associação Brasileira dos Criadores do Cavalo Campolina (ABCCC).

Características raciais

Quanto à morfologia, a raça é reconhecida por seus membros harmônicos. As cores das pelagens mais recorrentes são a alazã, a baia, a castanha, a preta, a tordilha e a pampa. A garupa é ampla e longa. O dorso-lombo é longilíneo. O pescoço é levemente rodado na sua borda superior com saída alta.

Entraram na formação do campolina, raças de porte alto, andamento marchado e cabeça com orelhas grandes e perfil convexilíneo, portanto ele também apresenta tais elementos.

Sua marcha é um elemento que se destaca e o faz ser reconhecido como um excelente cavalo marchador. Os cruzamentos realizados para chegar ao padrão racial proporcionaram ao cavalo campolina qualidades como a marcha macia e resistente, comuns ao mangalarga marchador. Outra herança genética verificada no campolina é o porte altivo, típico ao cavalo andaluz.

Quanto ao peso, para o macho, o ideal é que seja de 550kg a 600 kg, já para a fêmea, de 350kg a 450kg. Já a altura, para o macho tem-se 1,62m e para a fêmea tem-se 1,54 m.

Os cavalos campolina suportam caminhadas longas, são dóceis e de fácil adestramento. Portanto, por essas e outras qualidades citadas, a raça está entre os preferidas pelos cavaleiros para a prática de enduro equestre e hipismo rural.

 

Leia também

Cavalo mangalarga marchador

Cavalo mangalarga, animal forte e refinado

Quarto de milha, animal dócil, forte e veloz

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

O CPT garante a você 100% de segurança e
confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Seu comentário foi enviado com sucesso!

Informamos que a resposta será publicada o mais breve possível, assim que passar pela moderação.

Obrigado pela sua participação.

Comentários

Sonia Maria Dos Santos

29 de out. de 2012

ESTOU APAIXONADA PELA RAÇA,COMPREI UM LINDA CAMPOLINA BAIO.LINDO GOSTARIA DE FAZER PARTE DO GRUPO. MORRO EM SANTO ANTONIO DO AMPARO MG.

Resposta do Portal Cursos CPT

14 de nov. de 2012

Olá Sonia,

Agradecemos pela sua visita e comentário em nosso site.

Para fazer parte do grupo mencionado, você deve procurar informações a respeito em mecanismos de busca da internet como por exemplo no Google.

Cavalos da raça Campolina são realmente encantadores. Você tem muito bom gosto!

Desejamos sucesso em sua pesquisa.

Atenciosamente,

Natália Mayrink De Lazzari

Últimos Artigos

Artigos Mais Lidos

Quer mudar de vida e ter sucesso profissional? Vamos te ajudar!