Adquira 2 ou mais Cursos CPT e ganhe Frete Grátis.

Bokashi orgânico: o que é, como preparar e como aplicar

O bokashi é um adubo orgânico que ao contrário dos adubos químicos, ele fornece os nutrientes às plantas de forma gradual, branda e racional

Bokashi na agricultura


Há tempos, quanto não existiam fertilizantes químicos, utilizavam-se tortas e farelo de oleaginosas como adubos orgânicos, incorporando-os ao solo. Nesse processo, porém, há rápida decomposição de proteínas, gorduras e açúcares, desprendendo-se gases e calor como consequência do processo de fermentação. Isso, por sua vez, causa problemas de deficiência de oxigênio no solo, assim como desprendimento de calor, o que prejudica as raízes das plantas.

De acordo com Jacimar Luis de Souza, professor do Curso a Distância CPT Cultivo Orgânico de Brócolis, Couve-Flor e Repolho, elaborado pelo CPT – Centro de Produções Técnicas, em Livro+DVD e Curso Online, “Diante dessa inconveniência, muitos lavradores procuram, então, incorporar aqueles materiais ao solo com um mês de antecedência ao plantio”. Neste caso, porém, há perdas de nutrientes solúveis por lixiviação, como nitrogênio, potássio e micronutrientes. A compostagem dos materiais orgânicos, na forma de bokashi, resolveu esses problemas, pois o material é incorporado ao solo, após a fermentação, processo no qual os nutrientes se tornam disponíveis para as plantas.

O bokashi é um adubo orgânico que contém os nutrientes N, P, K, Ca, Mg e S, além dos micronutrientes. Ao contrário dos adubos químicos, ele fornece os nutrientes às plantas de forma gradual, branda e racional, pois a sua ação não se baseia no processo de osmose, mas, sim, através de microrganismos que se multiplicam na rizosfera das plantas. Existem várias fórmulas para o preparo do bokashi, mas a mais simples é a seguinte:

Ingredientes para o Bokashi


- 500 kg de terra virgem ou de subsolo, avermelhada;
- 120 a 200 kg de farelo de arroz;
- 120 a 200 kg de esterco puro e seco de galinha poedeira;
- 50 a 100 kg de farinha de osso;
- 1 L de inoculante.

Modo de preparar o Bokashi


- Preparar o bokashi em um local coberto e ventilado, como um barracão, para que fique protegido da chuva e do sol direto.
- Misturar os ingredientes secos o mais uniformemente possível.
- Aplicar o inoculante diluído em cerca de 100 L de água, com regador com crivo.
- Misturar bem para distribuir a umidade.
- Adicionar água e misturar bem, novamente, até atingir 50% de umidade (nesse ponto, quando se aperta um punhado da mistura, ela forma um torrão que se desfaz facilmente, e não escorre água entre os dedos).
- Amontoar o material, em forma de pirâmide, com 1 a 1,2 m de altura.
- Cobrir o monte com sacos de aniagem, para evitar o ressecamento da superfície.
- Haverá elevação da temperatura pela fermentação. Quando o interior do monte atingir 60°C, deverá ser revirado (verificar a temperatura com um termômetro de haste longa ou com uma barra de ferro enterrada no centro do monte. Se, ao se colocar a mão, na parte da barra enterrada no monte, não for possível aguentar segurá-la por muito tempo, está na hora de revirar).
- Pode ser necessário revirar mais de uma vez por dia, dependendo da temperatura do monte. Quando a fermentação terminar, a temperatura não se eleva, o que ocorre com cinco dias mais ou menos.

Modo de aplicação do Bokashi


O bokashi pode ser aplicado imediatamente depois de estabilizada a temperatura, ou seja, terminado o processo de fermentação. Estando o produto com a umidade de 12%, pode ser ensacado e armazenado para ser utilizado na ocasião propícia. Quanto à dosagem para aplicação, esta varia conforme a cultura, porém, pode ser tomada a base de 150 g por metro linear, ou de 500 a 1.000 g/m2.

O bokashi pode ser enriquecido com o fino de carvão tratado com extrato pirolenhoso, na seguinte proporção: 1 L de extrato para 50 litros de água, cuja solução é suficiente para tratar 100 kg de fino de carvão. Esta mistura pode ser aplicada em 500 a 1.000 kg de bokashi.

Aumente seus conhecimentos sobre o assunto. Acesse as matérias CPT abaixo:


- Calda Bordalesa: o que é, para que serve e como utilizar?
- Biofertilizante líquido: o que é e como aplicar nas plantas?

Quer saber mais sobre o Curso CPT? Dê Play no vídeo abaixo:


Conheça os Cursos a Distância CPT, em Livros+DVDs e Cursos Online, da área Agricultura Orgânica.
Por Silvana Teixeira.

Salvar

Cursos Relacionados

Curso Cultivo Orgânico de Brócolis, Couve-Flor e Repolho Curso Cultivo Orgânico de Brócolis, Couve-Flor e Repolho

Com Prof. Dr. Jacimar Souza

R$ 338,00 à vista ou em até 10x de R$ 33,80 sem juros no cartão

Frete Grátis 2 ou mais Cursos
Saiba mais
Curso Cultivo Orgânico de Tomate, Pimentão, Abóbora e Pepino Curso Cultivo Orgânico de Tomate, Pimentão, Abóbora e Pepino

Com Prof. Dr. Jacimar Souza

R$ 338,00 à vista ou em até 10x de R$ 33,80 sem juros no cartão

Frete Grátis 2 ou mais Cursos
Saiba mais
Curso Cultivo Orgânico de Alho, Cenoura, Baroa, Beterraba e Batata-Doce Curso Cultivo Orgânico de Alho, Cenoura, Baroa, Beterraba e Batata-Doce

Com Prof. Dr. Jacimar Souza

R$ 338,00 à vista ou em até 10x de R$ 33,80 sem juros no cartão

Frete Grátis 2 ou mais Cursos
Saiba mais

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

O CPT garante a você 100% de segurança e confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Seu comentário foi enviado com sucesso!

Informamos que a resposta será publicada o mais breve possível, assim que passar pela moderação.

Obrigado pela sua participação.

Mais Artigos que abordam as diversas áreas do conhecimento

Últimos

Mais Lidos

Atendimento Online
Quer Facilidade