WhatsApp SAC (31) 98799-0134 WhatsApp Vendas (31) 99294-0024 Ligamos para Você Central de Vendas (31) 3899-7000
0

Seu carrinho está vazio

Clique aqui para ver mais cursos.

Black Friday 30%OFF nos cursos online 15% OFF nos cursos em livro+DVD + 5% OFF extra no cartão de crédito

Bijuterias encantam as mulheres e movimentam milhões no Brasil

Fabricar bijuterias requer baixo investimento e garante alto índice de lucratividade

A vaidade é característica inerente à imagem feminina. A preocupação constante das mulheres com a aparência faz com que elas comprometam grande parte do seu salário em compras de roupas, bolsas, sapatos, acessórios e maquiagens. Elas são líderes de consumo no Brasil, comprando e influenciando compras. No setor imobiliário, por exemplo, elas são responsáveis por mais de 90% das decisões na hora de fechar o negócio. O fato é que a partir da conquista de um espaço no mercado de trabalho, as mulheres se tornaram uma parcela considerável do mercado consumidor, fazendo com que o comércio se adaptasse as suas exigências e oferecesse produtos inovadores e de qualidade.

A habilidade na confecção das peças se aprimora a cada dia

A bijuteria é uma das modalidades de artesanato mais consumidas no país nos últimos anos e tem sido uma excelente opção para pessoas desempregadas que querem investir em algo novo e que garanta uma boa renda. Produzir bijuterias é fácil e tende a melhorar com o tempo, pois, através da prática constante, o artesão vai adquirindo mais habilidade tanto no manuseio dos materiais quanto na criatividade necessária para inovar. Além disso, a confecção de bijuterias é um trabalho terapêutico que pode ser feito em casa, dispensando despesas com aluguel, por exemplo.

A origem da bijuteria

A palavra bijuteria tem origem francesa, vem do vocábulo “bijouterie”, que significa joia em francês. As bijuterias evoluíram ao longo dos anos a partir dos amuletos religiosos confeccionados na França. Eles nada mais eram do que representações ideológicas, evidenciando a fé das pessoas. Esses objetos tinham imagens sagradas que transmitiam uma ideia de proteção e eram fabricados com materiais simples, disponíveis na região. Naquela época não havia ainda a concepção de que poderiam ser mais trabalhados, modificados e usados como acessórios capazes de deixar qualquer mulher mais elegante.

Confecção de bijuterias pode ser um ótimo negócio

Variar materiais, modelos e cores é o segredo da fabricação de bijuterias

Para quem pretende abrir um negócio nessa área, a designer de bijuterias Gabriela Brandão afirma que a confecção das peças requer baixo investimento e garante alto índice de lucratividade. Contudo, para atingir esse objetivo, ela lembra que é imprescindível que o empreendedor tenha disciplina, seja criativo e inovador. Além disso, ele também precisa estar sempre informado em relação às tendências, procurando fabricar itens baseados em um equilíbrio entre o que está em alta no mundo fashion com o gosto e o estilo das clientes. Dedicar-se à confecção de bijuterias é uma ótima opção para quem pretende conseguir a independência financeira através de uma atividade prazerosa e terapêutica.

No curso Como Fazer Bijouterias – Técnicas de Fabricação e Comercialização, elaborado pelo CPT – Centro de Produções Técnicas, Gabriela Brandão ensina detalhadamente como montar o seu negócio. Ela dá dicas de como escolher um bom local para a sua loja, fornece informações importantes sobre o mercado, a comercialização e descreve o passo a passo de como fazer as mais belas peças das quais você poderá criar várias outras e encantar suas clientes e amigas com uma grande variedade de cores e modelos.

Dicas de Gabriela Brandão

Uma boa maneira de ficar por dentro do que está na moda é ficar atento o tempo todo ao que está sendo usado pelas atrizes e outras famosas. Gabriela Brandão acha interessante que a artesã acrescente ou modifique algo na peça, dando um toque pessoal. Outra sugestão é produzir diferentes modelos de bijuterias e pedir a opinião de algumas consumidoras e amigas para saber exatamente quais agradam mais. Assim, a artesã poderá investir na confecção das bijuterias mais admiradas e desejadas pelas suas clientes.

A embalagem valoriza e enobrece o produto

A artesã aposta que a marca é essencial para comercializar, pois ela é responsável pela caracterização, diferenciando o seu produto dos demais disponíveis no mercado. Ela ressalta ainda que a marca deve ser um nome simples, pequeno e que ao mesmo tempo seja capaz de transmitir uma ideia de requinte e elegância. Além disso, produzir peças de qualidade e com um bom preço deve ser sua principal preocupação desde o início. A embalagem precisa ser fabricada com capricho e originalidade, pois hoje em dia ela é uma extensão da mercadoria, capaz de valorizá-la ou não. Uma boa opção para quem quer investir na confecção de bijuterias é começar oferecendo suas peças em lojas de artigos femininos ou salões de beleza, por exemplo, pois são lugares bastante frequentados pelas mulheres.

Para quem tem capital e prefere abrir uma loja logo no início da produção, pesquisar e observar são os primeiros passos. A análise deve basear-se em dados, como a quantidade de clientes, concorrentes e fornecedores próximos ao local. A condição social dos consumidores, bem como o fluxo de pessoas e automóveis na região também exercem uma grande influência sobre o empreendedor ao decidir qual é o melhor ponto para a sua empresa. No curso, Gabriela Brandão elenca ainda uma série de outros pré-requisitos para que o seu negócio seja um sucesso.

As mulheres e as bijuterias

Criatividade é essencial para a produção de belas peças

As mulheres gostam de comprar bijuterias de diferentes formatos, materiais e cores para combiná-las com as roupas. As bijuterias permitem brincar com o visual, fazer da aparência um espelho que reflita o estado de espírito. As peças podem ainda ser usadas para deixar o visual mais elegante ou mais casual, permitindo que a mulher esteja charmosa em qualquer ambiente, seja no trabalho ou em uma festa. Além disso, elas se sentem atraídas pelos preços, geralmente, bastante acessíveis. Há bijuterias mais sofisticadas que têm um preço bem elevado, porém a grande maioria das peças cabe no bolso das consumidoras. Esse é justamente o tipo de produto que todas procuram, pois é barato, útil e durável.

A designer acredita que as bijuterias fascinam porque são artesanais em plena época tecnológica e podem ser usadas por mulheres de qualquer idade. Além disso, como a moda é dinâmica e retrocede, as bijuterias podem ser consideradas atemporais, dependendo apenas do estilo da pessoa e das adaptações feitas por ela ao brincar com o visual. Em outras palavras, mesmo que a atividade seja baseada na moda, nada impede que elas sejam usadas depois, com roupas diferentes, em momentos diversos para enriquecer o seu look, pois a versatilidade é o que faz de cada peça um objeto curinga para compor o visual ideal.

Por Camila Guimarães Ribeiro

 

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

O CPT garante a você 100% de segurança e
confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Seu comentário foi enviado com sucesso!

Informamos que a resposta será publicada o mais breve possível, assim que passar pela moderação.

Obrigado pela sua participação.

Comentários

EVILENE NOGUEIRA FERNANDES

6 de jul de 2016

Como me inscrevo para fazer o curso.

Resposta do Portal Cursos CPT

7 de jul de 2016

Olá Evilene,

Agradecemos sua visita e comentário em nosso site. Nossas consultoras entrarão em contato com mais informações sobre o Curso a Distância Como Fazer Bijouterias - Técnicas de Fabricação e Comercialização, do CPT.

Atenciosamente,

Ana Carolina dos Santos

Lia

23 de abr de 2013

Bijuterias sendo feita a mão ou folheadas, todas tem seu brilho e são bonitas e deixam as mulheres bonitas. Se for baratas e de boa qualidade melhor ainda, não é mesmo facebook: bijuteriasli

Resposta do Portal Cursos CPT

23 de abr de 2013

Olá, Lia!

Agradecemos sua visita e comentário em nosso site.

Atencisoamente,

Ana Carolina dos Santos

Últimos Artigos

Artigos Mais Lidos

Fique por dentro das novidades!