WhatsApp SAC (31) 98799-0134 WhatsApp Vendas (31) 99294-0024 Ligamos para Você Ligue Agora (31) 3899-7000
0

Seu carrinho está vazio

Clique aqui para ver mais cursos.

Aprenda a plantar alho

O alho é uma das plantas mais antigas cultivadas em todo o mundo

Alho

Um dos ingredientes mais utilizados na culinária, o alho se destaca como uma hortaliça com bom retorno comercial. Ainda, apresenta a vantagem de conseguir se adaptar a diferentes condições climáticas, possuindo várias cultivares em nosso país. Além disso, requer baixo custo e pouco espaço para cultivo.

Jacimar Souza, professora do Curso CPT Cultivo Orgânico de Alho, Cenoura, Baroa, Beterraba e Batata-doce, explica que o alho possui origem asiática e é uma das mais antigas plantas cultivadas em todo o mundo.

É uma hortaliça relativamente pequena, alcançando de 50 a 102cm de altura. Porém, é grande em benefícios que proporciona ao nosso organismo: é rico em vitaminas, sais minerais e aminoácidos, sendo um excelente expectorante, bactericida e auxiliador no combate a doenças cardiovasculares.

Confira a seguir algumas informações importantes para o cultivo do alho:

Início

É possível escolher a cultivar que mais se adapte às condições de que o local de plantio dispõe. O nobre roxo possui alto valor comercial, ao passo que o comum (tropical ou seminobre) também é muito comercializado. Vale ressaltar que o alho precisa receber luz diariamente, de forma direta, não suportando o sombreamento.

Semente

O alho é um bulbo, formado por um conjunto de bulbilhos – os famosos “dentes”. Ele serve como semente, mas deve-se evitar usar o da própria lavoura, pelas perdas de produtividade que apresentam.

Ambiente

Apesar de gostar de luz direta, apresenta bom desenvolvimento em regiões com temperaturas mais amenas, entre 10°C e 15°C. Porém, há cultivares que suportam bem os climas mais quentes.

Plantio

O solo para plantio do alho deve ser leve, possuir boa drenagem e ser rico em matéria orgânica. Solos argilosos podem receber o alho, porém ele deve ser cultivado em camalhões. A distância entre os canteiros deve ser de aproximadamente 1 a 1,2m para facilitar os tratos da cultura.

Espaçamento

O espaço variará de acordo com o tamanho dos bulbilhos. Recomenda-se a utilização de espaçamento de 8 a 10cm entre as plantas. Os bulbilhos devem ser plantados em sulcos ou covas, em uma profundidade de 2 a 3cm.

Adubação

É necessário realizar uma análise do solo para uma adubação mais eficiente. É possível cobrir o solo com capim ou palhada secos. No estágio inicial de crescimento, recomenda-se manter o solo úmido, diminuindo a irrigação à medida em que crescem. Alguns dias antes da colheita, a irrigação deve ser cessada.

Produção

A depender das condições de cultivo e da cultivar utilizada, estarão maduros de três a nove meses após o plantio. A colheita não é tão simples: deve ser feita em dias de sol e pela manhã, deixando-o com folhas e raízes ao sol por três a cinco dias, para ser curado, e por 20 a 50 dias à sombra.



Conheça os Cursos CPT da Área Agricultura:

Cultivo Orgânico de Alho, Cenoura, Baroa, Beterraba e Batata-doce
Horta Caseira – Implantação e Cultivo
Cultivo e Uso de Plantas Condimentares

Fonte: Globo Rural – revistagloborural.globo.com
por Renato Rodrigues

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

O CPT garante a você 100% de segurança e
confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Seu comentário foi enviado com sucesso!

Informamos que a resposta será publicada o mais breve possível, assim que passar pela moderação.

Obrigado pela sua participação.

Últimos Artigos

Artigos Mais Lidos

Fique por dentro das novidades!