A construção de estufas facilita muito o cultivo de vários tipos de hortaliças

A estufa mantém a temperatura adequada para o desenvolvimento das plantas, facilitando que cresçam mais rapidamente

Tomates são frutos muito cultivados em estufas

O tomate é muito cultivado em estufas

Estufas são estruturas montadas para criar um ambiente de calor, principalmente, durante  os períodos de inverno. Nelas podem ser cultivadas hortaliças, legumes e frutos. As plantas precisam de determinadas temperaturas para se desenvolverem bem. O frio pode ser prejudicial, assim como o calor excessivo. A umidade relativa do ar também pode atrapalhar no desenvolvimento das plantas. Para isso, a estufa foi criada. Um ambiente protegido pode evitar todos esses tipos de problema, evitando que as plantas fiquem protegidas das intempéries climáticas.
    

Estufa modelo capela

A estrutura é semelhante a de um galpão ou aviário. As duas abas da cobertura são inclinadas. A resistência é baixa, quando o vento está forte, assim é necessária uma estrutura melhor.

A altura mínima deve ser de 2 metros. As estruturas devem ser levantadas em bateria (geminadas) e deve haver um bom espaço interno e arejado.

Estufa modelo arco

É o tipo de estufa de madeira mais evoluído. O teto é abaulado e contém um grande aproveitamento de luz. Esse tipo de estufa geralmente é mais caro.

Modelo de uma estufa de acordo com  professora Rumy Goto, do curso Cultivo de Tomate em Estufa, elaborado pelo CPT – Centro de Produções Técnicas.

Você vai precisar de:

- 13 Esteios centrais ø 20 cm x 4,20 m;
- Esteios laterais ø 20 cm x 2,70 m;
- 04 Esteios frontais ø 20 cm x 3,60 m;
- 26 Caibros ø 15 cm x 5,5 m;
- 170 Metros lineares de viga ø 15 cm;
- 2.240 Metros lineares de arame ovalado de aço nº 14;
- 210 Metros lineares de ripa 1 x 1 polegada;
- 60 Metros de ripas de ½ polegada;
- 30 Mãos-francesas ø 15 cm x 3,0 m;
- 08 Mãos-francesas ø 15 cm x 1,0 m;
- 1 Bobina de filme A-UV - 2,20 x 100 m x 0,10 mm;
- 1 Bobina de filme A-UV - 3,50 m x 200 m x 0,10 mm;
- Pregos (bitolas compatíveis com a madeira)
- Grampos para fixar o arame nº 14
- 26 Varas de bambu de 2,0 m de comprimento
- Dobradiças para os portões

* O caractere "Ø" também é usado em desenho mecânico como símbolo para diâmetro.

Como fazê-la:

1)Escolha o local adequado e faça a demarcação;

2)Finque os esteios a uma profundidade aproximada de 60cm;

3)Finque os esteios centrais e frontais;

4)Pregue as vigas sobre as cabeças dos esteios laterais e centrais;

5)Coloque os caibros. Os das extremidades devem ser mais resistentes e bem escorados, pois vão suportar toda a tensão dos arames que serão estirados sobre a estrutura;

6)Reforce a estrutura com escoras e mãos-francesas;

7)Estire os arames no sentido do comprimento da estufa;

8)Coloque o plástico das cortinas com a bobina de largura 2,20 m. A borda deve ser enrolada em ripas de uma polegada. Em seguida, pregue as ripas na viga, do início até o final. O plástico deve ficar bem estirado. Agora, suspenda e amarre as cortinas para evitar que se danifiquem na continuação dos trabalhos;

9)Fixe o plástico do telhado. Corte peças de 3,50 m x 11 m. Enrole uma das extremidades na ripa de 1 polegada e pregue na viga, abaixo da ripa que prende a cortina. Assim evita-se a entrada de água para o interior da construção. A outra extremidade da peça de plástico também deve ser enrolada, estirada e pregada na viga, abaixo da ripa que prende a cortina. Todas as peças devem ser colocadas e sobrepostas, uma à outra, aproximadamente 50 cm;

10)  Estire três fios de arame nas laterais da construção para conter a cortina quando empurrada pelo vento;

11)  Faça a saia fixa com a sobra do plástico de largura 2,20 m. Corte na dobra, fazendo peças de 1,10 cm de largura. A base da cortina é enterrada e a parte superior é fixada com pedaços de madeira junto ao arame que fica em torno de 70 cm de altura do solo;

12)  Para evitar que o vento tremule a cortina ou a empurre de dentro para fora, finque uma vara de bambu, na frente de cada esteio, para formar uma guia, de aproximadamente 5 cm, por onde deve subir e descer a cortina;

13)  Faça cantoneiras de plástico para torná-la bem vedada;

14)  Abra valas nas laterais da construção para evacuar a água da chuva;

15)  Aconselha-se pintar o plástico, pelo lado de fora, somente nas faixas em contato com a
estrutura, com tinta plástica, de cor branca. Isto permite que o plástico dure mais quatro a cinco meses que o normal, evitando que ele se rompa nestes pontos.

No entanto, para a construção da estufa, outros fatores devem ser observados, como a topografia do terreno e a intensidade dos ventos, pois em alguns casos, eles podem estragar os plásticos e a iluminação do local onde a estufa será instalada.

Durante a montagem da estufa, deve-se analisar se a estrutura é resistente, se, quando fechada, permitirá a saída do ar quente. Dessa forma, deve-se construir a estufa na direção dos ventos.

Lembre-se de que as plantas devem ficar bem alinhadas no interior da estufa.


Como manejar a estufa


Para chegar à temperatura ideal para o cultivo de determinada planta, deve-se ter uma boa prática com a abertura das cortinas. No interior da estufa, deve existir um termômetro para que haja o controle exato da temperatura.

O excesso de calor pode ser regulado por telas de sombreamento removíveis, ou por telas prateadas sob o teto.

Para a umidade do ar permanecer ideal, o recomendável é não irrigar as plantas no período da tarde para a noite.

 

Por Natália Mayrink De Lazzari

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

O CPT garante a você 100% de segurança e confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Seu comentário foi enviado com sucesso!

Informamos que a resposta será publicada o mais breve possível, assim que passar pela moderação.

Obrigado pela sua participação.

Comentários

Moacir Gasperin

18 de mai de 2017

Olá, Tenho 4 canteiros em casa e pretendo fazer uma estufa em cima deles, pois no inverno há pouca incidência de sol devido um pavilhão construído no terreno ao lado. Desta forma a estufa vai me ajudar a cultivar hortaliças no inverno? Muito obrigado. Abraço.

Resposta do Portal Cursos CPT

24 de mai de 2017

Olá Moacir,

Agradecemos sua visita e comentário em nosso site. Para que as plantas se desenvolvam melhor existem faixas ideais de temperaturas. Com o frio, a germinação das sementes são precárias e há um alto percentual de abortamento das flores, e o crescimento é lento e irregular. As geadas podem acabar por completo com uma plantação.

As intempéries são uma constante ameaça aos cultivos. O excesso de chuva pode provocar um desiquilíbrio nas culturas. O vento frio desacelera o crescimento, e quando forte pode provocar danos físicos às plantações. Poucos cultivos resistem à uma chuva de granizo, que pode acabar em poucos instantes com uma lavoura.

Por isto, o uso da estuda no inverno é recomendado, pois a planta fica protegida, torna-se mais resistente, produz mais e os frutos são de melhor qualidade.

Atenciosamente,

Ana Carolina dos Santos

geovana de souza martins schindel

5 de fev de 2017

Gostei muito do conteudo de como fazer uma estufa, mais gostaria de saber quanto iria gastar aproximadamente, e como encontrar um profissional no ramo que entende sem exploração. Aguardo respostas.

Resposta do Portal Cursos CPT

24 de mai de 2017

Olá Geovana,

Para mais informações cadastramos seu e-mail para receber nosso boletim informativo.

Atenciosamente,

Ana Carolina dos Santos

Ademir Pereira

18 de out de 2016

Qual o tipo de sombrite e a porcentagem que eu devo usar para fazer uma estufa para mudas de árvores nativas? Obrigado

Resposta do Portal Cursos CPT

24 de mai de 2017

Olá Ademir,

Agradecemos sua visita e comentário em nosso site. Isto tudo irá depender da localização de sua estufa, tamanho e outros fatores. Para mais informações seria interessante procurar um técnico na área.

Atenciosamente,

Ana Carolina dos Santos

antonio P Costa

15 de jul de 2016

Achei muito legal, gostaria de receber informações passo a passo de como montar uma estufa para hortaliças, tenho uma pequena propriedade na região de Uberaba mg. Ficarei muito agradecido se for atendido.

Resposta do Portal Cursos CPT

24 de mai de 2017

Olá Antônio,

Nossas consultoras entrarão em contato com mais informações.

Atenciosamente,

Ana Carolina dos Santos

wilson

3 de jul de 2016

Boa tarde, moro no nordeste ceará e estou pensando em construir uma estufa para hortaliças e gostaria de como iniciar a construir, quais os tipos de materiais e qual sombrite utilizar.

Resposta do Portal Cursos CPT

24 de mai de 2017

Olá Wilson,

Agradecemos sua visita e comentário em nosso site. Você pode utilizar plástico ou tela. Sua estrutura em forma de arco pode ser feita com estacas de madeiras, caso não queiro o cultiv no chão, você pode montar armações de madeira um pouco acima do solo.

Atenciosamente,

Ana Carolina dos Santos

Cicero Teles

9 de jun de 2016

Estou elaborando um projeto para agricultores familiares utilizarem águas de reuso, por gotejamento, na produção de maracujá+hortaliças, sob cultivo protegido. Seria possível enviar-me um orçamento para uma estufa modelo capela com dimensões de 50,0 m x 100,0 m? Nesse projeto há uma sala para capacitação de produtores. neste caso, pretendemos financiar várias obras editadas pelos senhores.

Resposta do Portal Cursos CPT

24 de mai de 2017

Olá Cícero,

Agradecemos sua visita e comentário em nosso site. Para mais informações cadastramos seu e-mail para receber nosso boletim informativo.

Atenciosamente,

Ana Carolina dos Santos

zenidio

5 de mai de 2016

Boa tarde amigo. Moro no norte de mg estou cultivando hortaliças. O clima é muito quente por la, estou usando tela sombrite 50 gostaria de saber se estou certo, ou devo usar um sombrite mais fechado ou até mesmo o plástico filme.. já sou cliente já tenho vários cursos,estou em duvida peço agudar,obrigado...

Resposta do Portal Cursos CPT

24 de mai de 2017

Olá Zenídio,

Agradecemos sua visita e comentário em nosso site. Essas telas vêm com densidade que variam de 30% a 90%, número que se refere à porcentagem de luz bloqueada por ela. Quanto maior a densidade, menores são a luminosidade e o fluxo de ar. As características das plantas devem ser consideradas, como a espécie, o clima e o seu habitat, mas um percentual de 50 a 60 de densidade é comum para estufas. Áreas muito quentes e com prolongados períodos de luz solar frequentemente utilizam densidades entre 70 a 80%. Centros universitários agrícolas podem dar recomendações quanto à densidade ideal para áreas específicas.

Atenciosamente,

Ana Carolina dos Santos

Henrique

14 de mar de 2016

Bom dia amigo! Estou procurando ajuda para fazer um projeto de estufa em 1.50 hectares, para uma produção de alface de 50,000 pés ou mais. Portanto tenho a terra disponível e tenho o projeto para finaciamentos. Você me ajudaria? Obrigado.

Resposta do Portal Cursos CPT

24 de mai de 2017

Olá Henrique,

Para mais informações recomendamos que consulte um engenheiro agrônomo para mais informações de como proceder.

Atenciosamente,

Ana Carolina dos Santos

Marcos

9 de mar de 2016

Qual a área em m2 para a estrutura acima?

Resposta do Portal Cursos CPT

24 de mai de 2017

Olá Marcos,

Para delimitar a área de sua estufa, vários fatores devem ser levado em consideração, como o local onde a estufa será instalada, o volume de produção e outros fatores. Para mais informações seria interessante consultar empresas especializadas na área.

Atenciosamente,

Ana Carolina dos Santos

Jaque Lima

19 de jan de 2016

Olá! Gostaria de fazer uma estufa pequena, em torno de 4mx3m, somente pra hortaliças, para consumo próprio, eu poderia usar canos de pvc na estrutura?

Resposta do Portal Cursos CPT

24 de mai de 2017

Olá, Jaque Lima!

Agradecemos pela visita e comentário em nosso site.

O ideal é que você use madeira. Mas, havendo sustentação contra ventos, é possível usar o PVC sim.

Atenciosamente,

Silvana Teixeira.

Cursos Relacionados

Curso Cultivo de Pimentão em Estufa Curso Cultivo de Pimentão em Estufa

Com Prof. Luiz Geraldo de Carvalho Santos

R$ 338,00 à vista ou em até 10x de R$ 33,80 sem juros no cartão + frete

Saiba mais
Curso Cultivo de Tomate em Estufa Curso Cultivo de Tomate em Estufa

Com Prof.ª Dr.ª Rumy Goto

R$ 338,00 à vista ou em até 10x de R$ 33,80 sem juros no cartão + frete

Saiba mais
Curso Cultivo de Pepino em Estufa Curso Cultivo de Pepino em Estufa

Com Prof.ª Dr.ª Rumy Goto

R$ 338,00 à vista ou em até 10x de R$ 33,80 sem juros no cartão + frete

Saiba mais
Curso Cultivo Orgânico de Hortaliças em Estufa Curso Cultivo Orgânico de Hortaliças em Estufa

Com Prof. Luiz Geraldo de Carvalho Santos

R$ 338,00 à vista ou em até 10x de R$ 33,80 sem juros no cartão + frete

Saiba mais

Mais Artigos que abordam as diversas áreas do conhecimento

Últimos

Mais Lidos

Atendimento Online
Quer Facilidade