Trânsito e Cidadania: o que tem a ver entre eles?

Trânsito e cidadania são temas e devem ser compreendidos em toda parte do mundo, independente da idade, sexo ou classe social das pessoas, para que a vida em sociedade seja possível

Trânsito e Cidadania: o que tem a ver entre eles?   Artigos Cursos CPT
 

De acordo com Rozimar Gomes da Silva Pereira, professora responsável pela Aula 1 - Trânsito: cidadania e respeito às regras - da série Professor Eventual, Volume II, do CPT, "Trânsito e cidadania são temas que devem ser bem compreendidos pelas pessoas, em qualquer parte do mundo, independente da idade, sexo ou classe social, para que a vida em sociedade seja mais amigável, tenha menos transtornos e seja possível". Antes, porém, faz-se necessário esclarecer duas dúvidas: o que é ser um cidadão e o que é o trânsito?

Pois bem. Cidadão é toda pessoa consciente do seu papel na sociedade. Deve ser conhecedora de todos os seus direitos e reconhecer, cumprir e exercer todos os seus deveres. O trânsito, por sua vez, é o espaço onde acontece o envolvimento de várias pessoas, além de veículos e animais. Pode acontecer tanto em ruas quanto em estradas e deve ser compreendido como um espaço coletivo no qual as pessoas interagem entre si. No trânsito, todos têm direitos e deveres. Por isso, é necessário, que haja respeito e educação entre todos que dele participam.

Por se tratar de um local público, no qual circula grande número de pedestres, carros, motos, bicicletas e outros veículos de transporte, é fundamental que as pessoas respeitem as normas criadas especialmente para o trânsito, a fim de resguardar a vida, estimulando ações colaborativas. Estas normas têm o objetivo de prevenir acidentes em respeito à própria vida e à vida de outros. Em outras palavras, a partir do momento em que saímos de casa e entramos no trânsito, seja por lazer, trabalho, educação, alimentação, saúde ou outros motivos quaisquer, colocamos ali as nossas vidas. Para um trânsito seguro, portanto, todos nele envolvidos devem ter o máximo de respeito e atenção, agindo em harmonia e cada qual fazendo a sua parte da melhor forma possível, garantindo a segurança individual e coletiva.

O trânsito, em condições seguras, é um direito de todos e dever dos órgãos e entidades componentes do Sistema Nacional de Trânsito. Mas, afinal, o que estreita a relação entre trânsito e cidadania? A resposta é simples, nada mais nada menos que os direitos e deveres estabelecidos para que a vida no trânsito flua em harmonia. São eles:

1- Direitos


- Fazer uso de vias seguras e sinalizadas.
- Cobrar das autoridades a manutenção das vias.
- Receber de forma eficiente a educação para o trânsito, que além de ser direito, é prioridade definida no Código de Trânsito Brasileiro.
- Utilizar passeios ou passagens apropriadas das vias urbanas e dos acostamentos das vias rurais para circulação.
- Nas áreas urbanas, quando não houver passeios ou quando não for possível a utilização destes, a circulação de pedestres na pista de rolamento será feita com prioridade sobre os veículos, pelas bordas da pista, em fila única, em sentido contrário ao deslocamento de veículos, exceto em locais proibidos pela sinalização e nas situações em que a segurança ficar comprometida.
- Prioridade de passagem quando estiver atravessando a via sobre as faixas delimitadas para esse fim, exceto nos locais com sinalização semafórica.
- Preferência de passagem caso não tenha concluído a travessia sobre a faixa, mesmo em caso de mudança do semáforo liberando a passagem dos veículos.

2- Deveres


- Trafegar sem oferecer perigo ou ser obstáculo para os outros cidadãos que compõe o trânsito, seja a pé ou em veículos.
- Adquirir o respeito pelas regras de trânsito, percebendo o valor das normas sociais quanto à segurança individual e coletiva.
- Olhar para os dois lados antes de atravessar uma via.
- Aguardar a passagem do veículo ou que ele pare.
- Atravessar sempre em linha reta, pisando firme sem correr.
- Olhar atentamente para os lados ao descer de um carro ou ônibus e esperar sempre que o veículo saia para então atravessar a via.
- Atravessar sempre andando na faixa de pedestres.

Portanto, construir o conhecimento dos princípios essenciais de segurança no trânsito com educandos, educadores e a comunidade, conscientizando-os sobre a importância de manterem as suas integridades físicas e a de seus semelhantes, quando estiverem utilizando as vias públicas, torna-se imprescindível nos dias de hoje.

Conheça toda a série CPT Professor Eventual, Volume II, disponibilizada em DVDs. Nela são abordados os seguintes temas:

Aula 1- Trânsito: Cidadania e Respeito às Regras
Aula 2- Produtor de Água
Aula 3- Como Produzir Energia Elétrica a Partir do Sol
Aula 4- Queimaduras e suas Consequências
Aula 5- Estratégias de Concentração para Estudar
Aula 6- Como Produzir Energia Elétrica a Partir do Vento
Aula 7- Os Jovens e as Finanças - Educação Financeira para o Sucesso
Aula 8- Inovação
Aula 9- Aula Rádio Escola - Implantação e Funcionamento
Aula 10- Puberdade e Noções de Higiene e Saúde

Por Silvana Teixeira.
Fontes: Estudo Kids, Transitolândia, Banco de Atividades, Canal Pedagógico, Educação Pública RJ, Proinfo Integrado Joaíma/MG, Carta Educação, Web Artigos, Portal do Trânsito.

Cursos Relacionados

Professor Eventual - Aulas para Estudantes - Volume 2 Professor Eventual - Aulas para Estudantes - Volume 2

Com Prof. Prof. Augusto Neves, Prof.ª Eliangela Saraiva, Prof. Erasmo Geraldo e outros

R$ 1.300,00 à vista ou em até 10x de R$ 130,00 sem juros no cartão + frete

Saiba mais

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

O CPT garante a você 100% de segurança e confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Seu comentário foi enviado com sucesso!

Informamos que a resposta será publicada o mais breve possível, assim que passar pela moderação.

Obrigado pela sua participação.

Outros artigos relacionados à área Professor Eventual - Aulas para Alunos

Últimos

Mais Lidos

Atendimento Online
Quer Facilidade