Energia eólica: formação dos ventos

A energia eólica provém da energia solar, uma vez que os ventos são originados como decorrência do aquecimento desuniforme da atmosfera, pela radiação solar

Energia eólica: formação dos ventos   Artigos Cursos CPT
 

A energia eólica provém da energia solar, uma vez que os ventos são originados como decorrência do aquecimento desuniforme da atmosfera, pela radiação solar. Essa desuniformidade no aquecimento da atmosfera é causado, principalmente, pela orientação dos raios solares e pelos movimentos do planeta. Uma estimativa de energia total disponível dos ventos ao redor do planeta pode ser feita a partir da hipótese de que, aproximadamente, 2% da energia solar absorvida pela Terra é convertida em energia de movimento dos ventos. “Esse percentual, embora pareça pequeno, representa centenas de vezes a potência anual instalada nas centrais elétricas do mundo”, relata Augusto Luís Ruegger Almeida Neves, professor responsável pela Aula 6 – Como Produzir Energia Elétrica a Partir do Vento, da Série Professor Eventual, Volume II.

As regiões tropicais, que recebem os raios solares quase que perpendicularmente, são mais aquecidas que as regiões polares. Em consequência, o ar quente que se encontra nas baixas altitudes das regiões tropicais tende a subir, sendo substituído por uma massa de ar mais frio que se desloca das regiões polares. É esse deslocamento de massas de ar que determina a formação dos ventos.

A formação dos ventos é melhor visualizada quando representada no Globo Terrestre. Próximo da superfície terrestre, existem diferenças de temperatura e de pressão que dão origem à circulação do ar, formando os ventos globais. Assim, na região próxima da linha do equador e próximo dos círculos polares, tanto no Hemisfério Sul como no Norte, encontram-se as zonas de baixas pressões. Já nos polos e próximo às linhas tropicais, no Hemisfério Sul e no Norte, estão as zonas de altas pressões. Nas zonas de baixas pressões, o ar próximo da superfície da terra, por estar mais aquecido que nas camadas superiores da atmosfera, e portanto mais leve, se elevará na atmosfera. Ao mesmo tempo, o ar das camadas superiores, por estar mais frio, e portanto mais pesado, descerá nas zonas de altas pressões, ocupando o espaço deixado pelo ar que se elevou na atmosfera. Esse processo dará origem a uma circulação de ar em todo o planeta, formando, assim, os ventos globais.

Convencionalmente, os ventos que sopram dos trópicos para o equador, próximo da superfície da terra, são chamados de ventos Alísios; aqueles que sopram do equador para os polos em altas altitudes são os ventos Contra-alísios. Ventos de Oeste são aqueles que sopram dos trópicos em direção aos polos, em altas altitudes; e os ventos polares são aqueles que sopram dos polos para as regiões temperadas, à baixas altitudes.

Tendo em vista que o eixo da Terra está 23,45º inclinado em relação ao plano da eclítica, no qual está localizada a órbita terrestre, variações sazonais da distribuição de radiação solar recebida na superfície da Terra acarretarão variações sazonais na intensidade e duração dos ventos, em qualquer local da superfície terrestre.

Como resultado da inclinação do eixo da Terra, que resulta em um aquecimento diferenciado da superfície, surgem os ventos continentais ou periódicos, que são as monções e as brisas. As monções são ventos que mudam de direção a cada seis meses, aproximadamente, ou seja, no inverno sopram em uma direção e no verão sopram em direção contrária. Em função das diferentes capacidades que cada tipo de superfície apresenta em refletir, absorver e emitir o calor recebido do Sol, surgem as brisas, que são ventos periódicos que ocorrem próximo das regiões litorâneas, e que mudam de direção diariamente.

Em dias de sol, no período diurno, o continente se aquecerá mais que o mar. Isso fará com que o ar sobre o continente se torne mais leve e, por isso, ele se elevará, cedendo espaço para ser ocupado pelo ar que se apresenta sobre o mar. Durante a noite, o processo será inverso. Como o continente perde calor mais rapidamente que o mar, o ar, sobre o mar, ficará mais leve e se elevará cedendo espaço para ser ocupado pelo ar que se encontra sobre o continente. Assim, podemos concluir que as brisas, durante o dia, sopram do mar para o continente e a noite sopram do continente em direção ao mar.

Um efeito muito parecido com este que acabamos de observar são os ventos locais, que se formam nas regiões montanhosas. Durante o dia, por causa da influência do sol, o ar presente nas partes mais baixas e nas encostas, ficando mais aquecido, se elevará, cedendo espaço para o ar das camadas superiores da atmosfera, que se encontra mais frio. Já, durante a noite, o processo ocorre em sentido contrário, onde o ar frio das montanhas desce e se acumula nos vales.

Conheça toda a Série CPT Professor Eventual, Volume II, disponibilizada em DVDs. Nela são abordados os seguintes temas:

Aula 1- Trânsito: Cidadania e Respeito às Regras
Aula 2- Produtor de Água
Aula 3- Como Produzir Energia Elétrica a Partir do Sol
Aula 4- Queimaduras e suas Consequências
Aula 5- Estratégias de Concentração para Estudar
Aula 6- Como Produzir Energia Elétrica a Partir do Vento
Aula 7- Os Jovens e as Finanças - Educação Financeira para o Sucesso
Aula 8- Inovação
Aula 9- Aula Rádio Escola - Implantação e Funcionamento
Aula 10- Puberdade e Noções de Higiene e Saúde

Por Silvana Teixeira.

 

Cursos Relacionados

Professor Eventual - Aulas para Estudantes - Volume 2 Professor Eventual - Aulas para Estudantes - Volume 2

Com Prof. Augusto Neves, Prof.ª Eliangela Saraiva, Prof. Erasmo Geraldo e outros

R$ 1.300,00 à vista ou em até 10x de R$ 130,00 sem juros no cartão + frete

Saiba mais

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

O CPT garante a você 100% de segurança e confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Seu comentário foi enviado com sucesso!

Informamos que a resposta será publicada o mais breve possível, assim que passar pela moderação.

Obrigado pela sua participação.

Outros artigos relacionados à área Professor Eventual - Aulas para Alunos

Últimos

Mais Lidos

Atendimento Online
Quer Facilidade