Água mole em pedra dura tanto bate até que fura

Prof. Nelson Fernandes Maciel, Diretor-Presidente do Grupo CPT.

 Prof. Nelson Fernandes Maciel
Diretor-Presidente do CPT

O setor agropecuário brasileiro depende de ações que passam pelas mãos de nossos políticos. Com raríssimas exceções, o tema é tratado por eles como se fosse de segunda ou terceira ordem. Os especialistas não se cansam de alertar e mostrar a importância do setor para a soberania nacional.

As lideranças políticas não conseguem enxergar os insistentes e gritantes números que, por si só, falam pelo setor, apresentando o seu retorno econômico e social. São em torno de US$ 150 bilhões que circulam anualmente no agronegócio externo e interno, criando 35 milhões de empregos nos seus diversos segmentos. Desde 1991, as exportações do setor vêm apresentando superávits financeiros, acumulando um total de US$ 71 bilhões.

A última novidade: a agropecuária foi a única atividade produtiva do Brasil que cresceu durante a crise. No primeiro trimestre deste ano, o IBGE informou que o setor cresceu 9,2% comparado ao último trimestre de 98. Mais uma vez, o trabalho do interior mostra sua força com excelentes safras e muitos investimentos, contribuindo decisivamente para amenizar a recessão e empurrar o país para frente.

Apesar do agronegócio abrigar tantos empregos e ser tão importante, convive com grandes problemas que obrigam milhões de pessoas a deixarem o campo rumo aos centros urbanos.  O elevado nível de desemprego atual que vem assustando a todos, inclusive aos próprios políticos, tem como principal motivo o avanço tecnológico das indústrias, redutores de mão-de-obra, e o enorme êxodo rural, constituindo uma dupla de risco máximo.

A agropecuária foi a única atividade produtiva do Brasil que cresceu durante a crise.

A última novidade: a agropecuária foi a única atividade produtiva do Brasil que cresceu durante a crise.

A abertura de nossas fronteiras ao comércio internacional vai exigir de nossos agricultores uma busca acelerada por qualidade de serviços e produtos. Apesar da força de nossa agropecuária, as mudanças necessárias são radicais e com pouquíssimo tempo. É preciso enxergar que os países desenvolvidos, que estão exigindo esta abertura, defendem com unhas e dentes seu agronegócio, não abrindo, com facilidade, suas fronteiras a ninguém.

O setor exige clara definição política, acesso à tecnologia, legislação trabalhista sem conflitos, ajustes nos mecanismos de mercado etc. Enfim, é indispensável criar instrumentos efetivos de apoio ao setor.

O agronegócio merece regras à altura de sua contribuição na estabilidade econômica, política e social, e na garantia da soberania nacional. Por isto, usaremos este espaço quantas vezes forem necessárias para este assunto, pois entendemos que "água mole em pedra dura, tanto bate até que fura."

Cursos Relacionados

Curso Criação de Frango e Galinha Caipira Curso Criação de Frango e Galinha Caipira

Com Prof. Dr. Luiz Albino

R$ 298,00 à vista ou em até 10x de R$ 29,80 sem juros no cartão + frete

Saiba mais
Curso Criação de Ovinos de Corte Curso Criação de Ovinos de Corte

Com Prof. Dr. Edson Ramos

R$ 298,00 à vista ou em até 10x de R$ 29,80 sem juros no cartão + frete

Saiba mais
Curso Como Tornar seu Sítio Lucrativo Curso Como Tornar seu Sítio Lucrativo

Com Prof. Renato Bravo

R$ 298,00 à vista ou em até 10x de R$ 29,80 sem juros no cartão + frete

Saiba mais
Curso Criação de Peixes Curso Criação de Peixes

Com Prof. Eduardo Rasguido

R$ 298,00 à vista ou em até 10x de R$ 29,80 sem juros no cartão + frete

Saiba mais

Mais Palavra do Presidente do Grupo CPT

Últimos

Mais Lidos

Atendimento Online
Quer Facilidade