Cães desmaiam? Sim! Aprenda o que fazer nessa situação

O cão pode desmaiar se atropelado, bater a cabeça e perder a consciência; em casos de queimaduras, devido à dor; inalação por fumaça, desidratação, afogamento, hemorragia e outros

Cães desmaiam? Sim! Aprenda o que fazer nessa situação   Artigos Cursos CPT
 

Desmaio é a perda súbita de consciência, que pode acontecer em qualquer situação de urgência e emergência. O animal pode desmaiar nos casos de atropelamentos, se ele bater a cabeça e perder a consciência; queimaduras, devido à dor intensa; inalação por fumaça, desidratação, afogamento, hemorragia, entre outros.

Segundo Alessandra Sayegh Arreguy Silva, professora do Curso a Distância CPT Primeiros Socorros para Cães e Gatos - Parada Respiratória e Cardíaca, Desmaios, Estado de Choque e Convulsões, em Livro+DVD e Curso Online, “Qualquer tipo de acidente, dependendo da intensidade, pode causar desmaio. O animal desfalece e o socorrista deve tomar as medidas necessárias”.

O desmaio pode ser uma urgência ou emergência, dependendo do que o causou. Em pet shops, uma das causas mais comuns de desmaio é o calor intenso, que causa a hipertermia. O ambiente fica muito quente por causa de os equipamentos ficarem constantemente ligados, como o secador, e também por ter uma aglomeração muito grande de animais.

Coleiras muito apertadas também podem causar desmaios, principalmente quando os cães puxam muito os seus donos durante o passeio, de modo que a coleira asfixia o animal, ou seja, não deixa o ar passar para os pulmões. Por essa razão, a coleira ideal é do tipo peitoral, pois a coleira que envolve apenas o pescoço tende a enforcar o animal. Outro motivo comum é a ingestão de algum objeto ou alimento, que pode bloquear a passagem de ar para os pulmões e provocar o desmaio.

Observação interessante é que há raças que têm mais facilidade para desmaiar, porque têm dificuldade para respirar. São as raças que têm o palato mole alongado, já que este bloqueia a passagem de ar. As raças braquicefálicas, que têm o focinho achatado, como o Pug, o buldogue francês, o buldogue inglês, o Shi-Tzu, os gatos persas, no calor, apresentam essa predisposição para desmaiar. Os cães perdem calor através dos coxins e pela língua, por isso eles ficam com a boca aberta, com a língua para fora e com taquipneia (a respiração fica mais rápida e ofegante). Dessa forma, eles perdem calor. Com um calor muito intenso, os animais braquicefálicos respiram mais rápido e como não tem uma passagem boa para o ar, os cães podem ficar com falta de ar e desmaiar.

Outro problema com esses cães que têm dificuldade para respirar é que eles não conseguem resfriar o corpo e acabam tendo uma hipertermia, quando a temperatura corpórea do animal aumenta muito.
Problemas cardíacos, problemas respiratórios e até mesmo animais muito estressados ou excitados podem desmaiar. A hipoglicemia também pode ser uma causa de desmaio, principalmente em filhotes.

Para evitar os desmaios, é preciso ter atenção durante o preenchimento da ficha de cadastro do banho e tosa ou do hotelzinho de cães e gatos: deve-se saber se o animal toma alguma medicação ou se tem crise convulsiva. Portanto, faça essa pergunta ao dono do cão ou gato.

Como sintomas do desmaio, tem-se: o desfalecimento do corpo (porém o animal mantém a respiração e frequência cardíaca); os olhos podem fechar ou ficar abertos; e flacidez muscular, ou seja, o corpo inteiro fica mole.

Procedimentos de primeiros socorros:


- Quando o animal desmaia, a primeira atitude a se tomar é verificar se o animal está respirando e se o coração está batendo.
- Se estiver tudo bem, o socorrista deve entrar em contato com o médico veterinário para que ele realize os procedimentos de amparo e o diagnóstico. Nesse caso, não tem o que fazer e o animal não corre risco de morte.
- O socorrista deve apenas ter o cuidado de observar o animal até que o veterinário chegue ao local, monitorando constantemente a respiração e o batimento cardíaco.
- Deixe o animal numa superfície plana, confortável e baixa, para evitar quedas. No caso dos gatos, é mais seguro colocá-lo numa gaiola, porque quando ele acorda a tendência dele é a tentativa de fuga.
- O que você pode fazer também é verificar as possíveis causas do desmaio. Se o motivo for o calor intenso, você deve tentar resfriar o animal. Pegue uma toalha molhada em água corrente e envolva o animal. Você também pode ligar um ventilador em direção ao animal ou usar bolsa de gelo.
- Se o animal tiver desmaiado, depois de ter batido com a cabeça em algum lugar, por exemplo, depois de sofrer uma queda de uma mesa, você deve deixar a cabeça do animal mais alta que o corpo, para evitar edema cerebral.
- Caso você tenha que levar o animal desmaiado até a clínica veterinária, a condução deve ser feita da seguinte forma: deixe a cabeça do animal mais alta que o corpo e o proteja de quedas e pancadas.

Se o animal parar de respirar e perder os batimentos cardíacos, o socorrista deve imediatamente iniciar o protocolo de respiração ressuscitação cardiopulmonar.

Lembre-se:


Como o desmaio pode ter causas diversas, apenas o veterinário será capaz de identificar o real motivo e optar pelo melhor procedimento de socorro.

Conheça os Cursos a Distância CPT, em Livros+DVDs e Cursos Online, da área Pet.
Por Silvana Teixeira.

Cursos Relacionados

Curso Primeiros Socorros para Cães e Gatos - Parada Respiratória e Cardíaca, Desmaios, Estado de Choque e Convulsões Curso Primeiros Socorros para Cães e Gatos - Parada Respiratória e Cardíaca, Desmaios, Estado de Choque e Convulsões

Com Prof.ª Alessandra Sayegh

R$ 348,00 à vista ou em até 10x de R$ 34,80 sem juros no cartão + frete

Saiba mais
Curso Primeiros Socorros para Cães e Gatos - Principais Acidentes Curso Primeiros Socorros para Cães e Gatos - Principais Acidentes

Com Prof.ª Alessandra Sayegh

R$ 348,00 à vista ou em até 10x de R$ 34,80 sem juros no cartão + frete

Saiba mais
Curso Tosas em Cães e Gatos e Acidentes em Pet Shop Curso Tosas em Cães e Gatos e Acidentes em Pet Shop

Com Prof.ª Alessandra Sayegh

R$ 348,00 à vista ou em até 10x de R$ 34,80 sem juros no cartão + frete

Saiba mais

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

O CPT garante a você 100% de segurança e confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Seu comentário foi enviado com sucesso!

Informamos que a resposta será publicada o mais breve possível, assim que passar pela moderação.

Obrigado pela sua participação.

Outros artigos relacionados à área Pet

Últimos

Mais Lidos

Atendimento Online
Quer Facilidade