Pragas do maracujá - controle da Broca-do-Maracujazeiro, Besouro-das-Flores e Besouro-do-Botão Floral

Pragas do maracujá - controle da Broca-do-Maracujazeiro, Besouro-das-Flores e Besouro-do-Botão Floral

A Broca-das-Flores ataca as folhas novas e as flores do maracujá, prejudicando a produção.

Broca-do-Maracujazeiro

Também chamada de Broca-da-Haste, essa praga provoca prejuízos no pomar, quando está na fase larval, pois ela se desenvolve no interior do ramo do maracujazeiro. Quando chega à fase adulta, sai do ramo através de um pequeno orifício. A Broca-do-Maracujazeiro ocorre mais frequentemente em plantios novos, localizados em áreas recém-desmatadas, na periferia da plantação e próxima à vegetação nativa.

Besouro-das-Flores

Conhecido também como Praga do Girassol, esse besouro se esconde no interior das folhas, durante o dia, alimentando-se à noite. Ataca as folhas novas e as flores do maracujá, prejudicando a produção.

Besouro-do-Botão-Floral

Essa praga causa a perfuração e queda do botão floral.

CONTROLE

O controle químico dos três tipos de besouros pode ser feito por meio de pulverizações com um dos seguintes produtos: Cartap BR 500 a 0,12%, Cartap 500 a 0,12%, Fention 500 a 0,1% ou Malation 500 CE a 0,25%, sempre em relação ao produto comercial.

Aprimore seus conhecimentos, acessando os Cursos CPT, da área Fruticultura, elaborados pelo CPT – Centro de Produções Técnicas (CPT), entre eles o Curso Produção de Maracujá.

Por Andréa Oliveira.

Acesse os links abaixo e conheça mais sobre as Pragas e Doenças do Maracujá:

Controle preventivo

PRAGAS DO MARACUJÁ

Controle de pulgões, percevejos e lagartas

Controle da Mosca-das-Frutas, Mosca-do-Botão-Floral e Tripes

Controle de cupins e ácaros

Controle das abelhas domésticas e Irapuás

Como usar defensivos para o controle de pragas

DOENÇAS DO MARACUJÁ

Controle do Damping Off, Antracnose, Verrugose, Septoriose e Alternariose

Controle da Fusariose ou Murcha e Podridão-do-Colo

Controle da Bacteriose

Controle de Nematoides

Medidas preventivas contra a Morte Prematura

Como usar defensivos para o controle de doenças

Cursos Relacionados

Curso Produção de Mamão Curso Produção de Mamão

Com Prof. Especialistas do Frupex

R$ 298,00 à vista ou em até 10x de R$ 29,80 sem juros no cartão + frete

Saiba mais
Curso Produção de Banana Curso Produção de Banana

Com Prof. Especialistas do Frupex

R$ 298,00 à vista ou em até 10x de R$ 29,80 sem juros no cartão + frete

Saiba mais
Curso Produção de Limão Taiti Curso Produção de Limão Taiti

Com Prof. Dr. Dalmo Lopes de Siqueira

R$ 298,00 à vista ou em até 10x de R$ 29,80 sem juros no cartão + frete

Saiba mais
Curso Produção de Goiaba Curso Produção de Goiaba

Com Prof. Pesquisadores da Goiabrás

R$ 298,00 à vista ou em até 10x de R$ 29,80 sem juros no cartão + frete

Saiba mais
Curso Produção Comercial de Frutas em Pequenas Áreas Curso Produção Comercial de Frutas em Pequenas Áreas

Com Prof. Dr. Dalmo Lopes de Siqueira

R$ 298,00 à vista ou em até 10x de R$ 29,80 sem juros no cartão + frete

Saiba mais
Curso Produção de Mudas Frutíferas Curso Produção de Mudas Frutíferas

Com Prof. Dr. Dalmo Lopes de Siqueira

R$ 298,00 à vista ou em até 10x de R$ 29,80 sem juros no cartão + frete

Saiba mais

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

O CPT garante a você 100% de segurança e confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Seu comentário foi enviado com sucesso!

Informamos que a resposta será publicada o mais breve possível, assim que passar pela moderação.

Obrigado pela sua participação.

Comentários

carlos artur silva freitad

02/04/2015

Vc tem curso para plantação de abacate?

Resposta do Portal Cursos CPT

25/08/2016

Olá, Carlos Arthur!

Agradecemos sua visita e comentário em nosso site. Nossas consultoras entrarão em contato com mais informações.

Atenciosamente,

Ana Carolina dos Santos

ademir schmitz

22/02/2015

Gostaria de saber se existe algum tipo de inseticida para passar sobre o maracujazeiro pois tem alguns perfurando as flores e assim acabam caindo.

Resposta do Portal Cursos CPT

25/08/2016

Olá, Ademir!

Agradecemos sua visita e comentário em nosso site. Para mais informações recomendamos que consulte um especialista para mais informações.

Atenciosamente,

Ana Carolina dos Santos

RUBENS DE ARAUJO NUNES

25/02/2014

Preciso de informações detalhadas para realizar cursos e obtenção de certificados.

Resposta do Portal Cursos CPT

25/08/2016

Olá, Rubens!

Agradecemos sua visita e comentário em nosso site.

Nossas consultoras entrarão em contato com mais informações sobre os Cursos CPT.

Atenciosamente,

Ana Carolina dos Santos

Ana Paula Lopes

04/02/2014

Olá sou agricultora estou no ramo da fruticultura recentemente estou tendo alguns problemas na minha lavoura tais como: mosca das frutas, tripes, percevejos os mais preocupantes gostaria de mais informações complementares sobre o assunto preciso urgente me inteirar pois estou atualmente sob minha responsabilidade um plantio de maracujá sol do cerrado de 15 ha no sul de Minas gerais aguardo resposta att;Ana Paula Lopes.

Resposta do Portal Cursos CPT

25/08/2016

Olá, Ana Paula!

Agradecemos sua visita e comentário em nosso site.

- Percevejos: os percevejos sugam a seiva de todas as partes da planta, ocasionando a queda de botões florais e de frutos novos e o murchamento de frutos mais desenvolvidos. Os percevejos depositam seus ovos na face interior das folhas, em número de seis a nove, e as larvas e ninfas preferem os brotos. Inicialmente, o seu controle deve ser feito por métodos culturais, que consistem em manter o mato roçado no interior e nas áreas próximas à lavoura, bem como na eliminação das plantas daninhas hospedeiras, como é o caso do melão-de-são-caetano. Se mesmo assim a praga continuar presente no pomar, o controle químico poderá ser feito através de pulverizações com os seguintes inseticidas: Lebaycid 500, Malatol 500 CE, Dipterex 500.

- Mosca-das-frutas: as moscas-das-frutas atacam os frutos jovens ou maduros do maracujazeiro, depositando seus ovos sobre a casca que, ao eclodirem, darão origem às larvas. As larvas penetram no fruto, provocando o seu murchamento, antes de atingir a maturação, e muitas vezes destróem a polpa do fruto, inutilizando-o para o consumo.Quando vai se transformar em pupa, ela faz um orifício no fruto, caindo no solo, quando se transforma em mosca na forma adulta. Seu controle é feito através de iscas atrativas, que são preparadas com 100 L de água, sete litros de melaço de cana e um inseticida fosforado indicado para esse fim, como é o caso do Malation 500 CE a 0,35%, o Fention a 0,1% (R) e o Triclorfon 500 a 0,24% do produto comercial. Nas regiões onde o melaço é dificilmente encontrado, este pode ser substituído por um quilo de proteína hidrolisada ou cinco quilos de açúcar cristal. Podem ainda ser utilizados como atrativos 50 L de garapa diluídos em igual volume de água ou suco de fruta, especialmente maracujá, diluído em quatro vezes o seu volume em água.

- Tripes: o tripes ataca os botões florais e frutos novos, causando o aparecimento de lesões superficiais na casca, depreciando a qualidade do fruto. O controle pode ser conseguido através de pulverizações com Dimetoato a 0,10 a 0,15% (Perfekthion 400 CE a 0,15% ou Dimexion a 0,10 a 0,15%).

Para mais informações o CPT possui o Curso Produção de Maracujá que poderá lhe auxiliar.

Atenciosamente,

Ana Carolina dos Santos

Outros artigos relacionados à área Fruticultura

Atendimento Online
Quer Facilidade