Atendimento Online

    / / / Como cultivar melão - preparo do solo, plantio, desbaste, irrigação, colheita e classificação
    Artigos que abordam as diversas áreas do conhecimento

    Como cultivar melão - preparo do solo, plantio, desbaste, irrigação, colheita e classificação

    Alguns fatores importantes podem interferir na qualidade do melão produzido, como o desbaste do meloeiro, o preparo do solo, o espaçamento, a adubação e os tratos culturais

    Gostou? Envie a um amigo
    Tamanho da letra Diminuir Aumentar

    Como cultivar melão - preparo do solo, plantio, desbaste, irrigação, colheita e classificação

     

    O melão (Cucumis melo L.) é um fruto suculento originário do Oriente Médio. Sua cor e textura da casca, bem o seu sabor, variam de acordo com a cultivar. No entanto, não é só isso, alguns fatores importantes podem interferir na qualidade do melão produzido, como o desbaste do meloeiro, o preparo do solo, o espaçamento, a adubação e os tratos culturais. Estes fatores estão associados ao produto final, bem como a determinação do ponto e do método de colheita. Seguindo os procedimentos de cultivo adequados, a cultura do melão aumentará a produtividade e dará origem a frutos saborosos e firmes, gerando lucro ao fruticultor.

    Preparo do solo

    “O preparo do solo pode ser feito com tratores ou com tração animal. É feita uma aração na profundidade de 30 cm e uma gradeação no sentido contrário ao da aração”, afirmam os especialistas da FRUPEX, e professores do Curso Produção de Melão, elaborado pelo CPT – Centro de Produções Técnicas.

    Não é preciso se preocupar com o desterroamento, se o plantio for efetuado em covas, pois a cultura precisa, durante o seu crescimento, de meios para proteger a sua ramificação contra o vento e, caso não tenha cobertura morta vegetal, os torrões funcionam como protetores da planta.

    Plantio

    O espaçamento indicado para o cultivo do melão é de 2,0 x 0,5 m, deixando uma planta por cova, somando uma população de 10.000 e usando de 1,0 a 1,5 kg de sementes para o plantio de um hectare. No plantio, é usado o método de semeadura direta na cova, a qual é feita ao lado do sulco de irrigação e a favor do vento.

    Desbaste

    A finalidade do desbaste é selecionar as plantas mais bonitas (vigorosas), descartando plantas muito pequenas (raquíticas), e deixar só uma planta por cova. É importante fazê-lo quando a planta de melão estiver com quatro folhas definitivas.

    Já a condução dos ramos do meloeiro consiste em retirar os ramos dos sulcos de irrigação, facilitando assim as capinas, pulverizações, adubação de cobertura e colheita, além de evitar o contato dos frutos diretamente com água. Isso deve ser feito até os 30 dias do plantio.

    Irrigação

    O melão não tolera umidade elevada nem que a água molhe suas hastes e folhas, especialmente no período da floração.

    No período que vai da semeadura à emergência, as irrigações devem ser diárias, mas com baixa intensidade. Já da emergência ao início da frutificação, pode-se reduzir a frequência, mas a intensidade deve ser maior. Durante a fase de frutificação, reduz-se gradativamente a quantidade de água. Na colheita, deve-se irrigar só o suficiente para que a planta não murche.

    Quanto aos sistemas de irrigação, os mais indicados são por sulco e gotejamento, pois promovem melhor controle da quantidade de água, na região do colo da planta, além de evitar a formação de microclimas úmidos, que favorece o desenvolvimento de doenças fúngicas e bacterianas, especialmente a podridão gomosa do caule ou o cancro das hastes.

    Ponto de colheita do melão

    No ponto de colheita, os melões deverão estar amarelos e uniformes, jamais esverdeados ou excessivamente amarelos.

    Colheita

    Geralmente, a colheita se inicia com 70 a 80 dias após o plantio, quando o teor de açúcar está maior que 9° Brix. Os frutos estarão amarelos e uniformes. Não se deve colher frutos esverdeados nem muito amarelados, devido à distância aos centros consumidores.

    Logo após a colheita é providenciada a classificação dos frutos, que são transportados para a sombra, para evitar queimaduras causadas pelo sol.

    Classificação por tamanho

    O tamanho dos melões é determinado por seu peso individual ou por seu diâmetro na secção equatorial. Se o tamanho estiver relacionado com o peso do fruto, o maior melão não deverá ter mais que 50% do peso do menor.

    Se o tamanho estiver relacionado com o diâmetro do fruto, o diâmetro do maior melão será, no máximo, 20% maior que o do menor fruto.

    No mercado consumidor, há maior preferência por melões pequenos e médios, como é o caso dos melões doces, entre 1 kg e 2 kg, e dos cantaloupes, entre 500 g e 1 kg.

    Aprimore seus conhecimentos, acessando os Cursos CPT, da área Fruticultura.

    Por Andréa Oliveira.


    AVISO LEGAL

    Este conteúdo pode ser publicado livremente, no todo ou em parte, em qualquer mídia, eletrônica ou impressa, desde que contenha um link remetendo para o site www.cpt.com.br.

    Cursos Relacionados

    Curso Produção de Melão

    Curso Produção de Melão

    R$ 278,00 à vista ou em até 10x de R$ 27,80
    sem juros no cartão + frete.

    Cód. 5043

    Saiba Mais

    Curso Produção de Mamão

    Curso Produção de Mamão

    R$ 278,00 à vista ou em até 10x de R$ 27,80
    sem juros no cartão + frete.

    Cód. 5042

    Saiba Mais

    Curso Produção de Mudas Frutíferas

    Curso Produção de Mudas Frutíferas

    R$ 278,00 à vista ou em até 10x de R$ 27,80
    sem juros no cartão + frete.

    Cód. 5148

    Saiba Mais



    Deixe seu comentário

    Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

    O CPT garante a você 100% de segurança e confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.


    Outros artigos relacionados à área Fruticultura






    O CPT liga para você!





    Exemplo: 31 38997000