/ / / Galinhas poedeiras têm na alimentação um dos fatores de maior importância para criação
    Artigos que abordam as diversas áreas do conhecimento

    Galinhas poedeiras têm na alimentação um dos fatores de maior importância para criação

    O conhecimento sobre as tecnologias empregadas na criação de poedeiras e produção de ovos é a base para a boa qualidade da avicultura de postura

    Gostou? Envie a um amigo
    Tamanho da letra Diminuir Aumentar

    O ovo de galinha é um alimento muito conhecido e apreciado na alimentação humana desde a antiguidade. Criar galinhas para produção de ovos não é uma atividade difícil, já que a tecnologia para produção está completamente dominada e vem só melhorando ao longo dos anos.

    Destinadas à produção de ovos, as galinhas poedeiras podem ser criadas em quintais, chácaras, sítios.

    Destinadas à produção de ovos, as galinhas poedeiras podem ser criadas em quintais, chácaras, sítios, entre outros locais.

    Destinadas à produção de ovos, as poedeiras podem ser criadas em quintais, chácaras, sítios, galinheiros comuns, em chão de granjas, em gaiolas coletivas e individuais, sendo muito importante que o avicultor esteja disposto a manter o bem estar das aves, garantindo-lhes boas condições de instalações e equipamentos. Além de oferecer treinamento aos funcionários, principalmente aos tratadores, para que eles tenham a capacidade de cuidar do aviário.

    A criação de aves de postura é dividida em três fases: inicial ou de cria, até 6 semanas de idade; de recria, de 7 a 17 semanas de idade; e de produção, de 18 a 76 semanas. A fase de produção pode se estender até 90 ou 120 semanas se você realizar uma ou duas mudas forçadas.

    Uma boa linhagem deve ter baixa taxa de mortalidade, capacidade de postura acima de 240 ovos por ano, alta porcentagem de ovos grandes, boa capacidade de pigmentar as gemas, resistência a doenças, alta taxa de eclosão, fertilidade, qualidade interna do ovo, maturidade sexual precoce e baixa incidência de manchas no seu interior. Dentre as várias disponíveis no mercado, podemos destacar as Lohman (Brown e LSL); Isa (Brown e Babcock); Hy-line; e Hissex.

    As galinhas poedeiras leves são para produção de ovos brancos e poedeiras semipesadas para produção de ovos vermelhos.

    As galinhas poedeiras leves são para produção de ovos brancos e poedeiras semipesadas para produção de ovos vermelhos.

    Independente da linhagem ou marca, o criador deve escolher o tipo de ave a ser criada, poedeiras leves para produção de ovos brancos ou poedeiras semipesadas para produção de ovos vermelhos. Para manter a produção constante o ano todo, o criador deve programar adequadamente a entrada e saída de lotes na criação. É recomendável projetar instalações para atender a um lote na fase de cria e recria e três ou quatro lotes com idades diferentes para a fase de produção. Isso vai permitir produção ao longo de todo o ano, evitando que o produtor fique sem, ou com baixa produção de ovos para comercialização em determinadas épocas.

    A alimentação é um dos fatores de maior importância na criação de poedeiras comerciais porque representa, aproximadamente, 70% do custo de produção da atividade de postura. É também a principal responsável pelo desenvolvimento e produção das aves, o que interfere diretamente na rentabilidade da criação. Por isso é necessário que se tenha acesso a rações de excelente qualidade, para se ter bons resultados, sendo o programa básico de alimentação de poedeiras dividido de acordo com a fase em que a ave se encontra, de acordo com a sua idade. Normalmente, quem estabelece um programa de alimentação é um técnico responsável, que pode ser um zootecnista ou um médico veterinário.

    O Curso Galinhas Poedeiras - Cria e Recria, elaborado pelo CPT - Centro de Produções Técnicas, oferece a oportunidade para os avicultores conhecerem as técnicas de cria e recria de galinhas poedeiras. No curso você receberá informações do professor Júlio Maria Ribeiro Pupa, médico veterinário, mestre e doutor em avicultura e suinocultura pela UFV - Universidade Federal de Viçosa.

    Após fazer o curso e ser aprovado na avaliação, o aluno recebe um certificado de conclusão emitido pela UOV – Universidade On Line de Viçosa, filiada mantenedora da ABED – Associação Brasileira de Educação a Distância.

    As medidas de higiene e profilaxia, ou seja, de prevenção, podem ser de caráter geral ou específicas, no caso das vacinas. O programa de vacinação deve ser seguido de acordo com a orientação de um técnico especializado. Esses programas variam sistematicamente em função do risco sanitário da região onde a granja está localizada e das condições de biossegurança da mesma. A vacinação em regiões de risco deve ser realizada como medida de prevenção, com o intuito de proteger as aves contra doenças.

    Confira mais informações, acessando os Cursos CPT da área Avicultura.


    AVISO LEGAL

    Este conteúdo pode ser publicado livremente, no todo ou em parte, em qualquer mídia, eletrônica ou impressa, desde que o CPT – Centro de Produções Técnicas seja citado como fonte, remetendo para o site da instituição: www.cpt.com.br.

    Cursos Relacionados

    Curso Codornas - Recria e Reprodução

    Curso Codornas - Recria e Reprodução

    R$ 258,00 à vista ou em até 10x de R$ 25,80
    sem juros no cartão + frete.

    Cód. 5057

    Saiba Mais

    Curso Criação Orgânica de Frangos de Corte e Aves de Postura

    Curso Criação Orgânica de Frangos de Corte e Aves de Postura

    R$ 258,00 à vista ou em até 10x de R$ 25,80
    sem juros no cartão + frete.

    Cód. 5340

    Saiba Mais

    Curso Galinhas Poedeiras - Produção e Comercialização de Ovos

    Curso Galinhas Poedeiras - Produção e Comercialização de Ovos

    R$ 258,00 à vista ou em até 10x de R$ 25,80
    sem juros no cartão + frete.

    Cód. 5521

    Saiba Mais



    Deixe seu comentário

    Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

    O CPT garante a você 100% de segurança e confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.

    Comentários

    Victor Emanuel
    04-04-2014

    Ola! Boa Noite...

    Qual o nome da ração para pintinhos em fase de crescimento .

    Resposta do Portal Cursos CPT
    08-04-2014

    Olá, Victor!

    gradecemos sua visita e comentário em nosso site.

    Para pintinhos entre 1 a 21 dias, a ração inicial deve conter grandes concentrações de nutrientes para garantir um ótimo desenvolvimento dos animais.

    O uso de outras rações, como crescimento e engorda, leva ao baixo crescimento das aves. O balanceamento de Proteínas e aminoácidos é de grande importância, além das quantidades de energia, vitaminas e minerais. A ração deverá ser oferecida à vontade dos animais, sendo que nos primeiros 7 dias de vida, devemos manter bandejas à disposição, para facilitar o acesso dos pintinhos.

    Em relação ao nome, recomendamos que consulte um médico veterinário ou uma casa especializada em produtos agropecuários para mais informações.

    Atenciosamente,

    Ana Carolina dos Santos

    IVA PEREIRA SANT ANA
    20-03-2014

    tenho interesse em criar aves poedeiras, gostaria de saber se esse meio tem bons lucros suficiente para sustentar uma família de três pessoas de modo simples sem exageros . QUANTOS TENHO QUE TER NO INICIO PARA COMEÇAR.SOU SINCERA NÃO ENTENDO MUITO DO RAMO QUERO AJUDA SE POSSÍVEL.GRATO

    Resposta do Portal Cursos CPT
    01-04-2014

    Olá, Iva!

    Agradecemos sua visita e comentário em nosso site.

    A atividade de criação de poedeiras pode ser muito lucrativa se for bem planejada e manejada. Abaixo veja algumas dicas para tornar a sua criação um sucesso:

    - Uma granja é uma empresa e deve ser administrada como tal. É preciso reduzir os custos ao máximo, para obter lucro.

    - Os dados zootécnicos de uma granja de postura são muito importantes. Tenha total confiança no conhecimento deles, para que na hora de uma reunião técnica você possa discutir e haver entrosamento com a parte técnica, para que as decisões nutricionais, sobre qual linhagem usar, sejam tomadas com mais confiabilidade.

    - Tente evitar, de todas as maneiras, o desperdício, principalmente de ração, que representa o custo mais alto numa granja.

    - Procure reaproveitar materiais como caixas de outras granjas para reduzir despesas.

    - Racionalize o transporte dentro de uma granja. Use a mesma carreta que vai levar ração, e no mesmo horário, para trazer a produção do dia até a casa de ovos. Isso reduz custos com combustível.

    - Terceirize serviços como o transporte dos ovos, por exemplo. Reduz encargos e investimento com caminhão.

    - É importante que o produtor de ovo conheça o seu produto. Que entenda a fundo todo o processo que vai gerar aquele ovo. na maioria das vezes, o produtor tem pouco argumento de valorização do seu produto.

    - É importante que o produtor de ovos invista na divulgação do produto. De sua granja. Hoje, no Brasil, o consumo de ovos per capita é muito aquém do recomendado.

    Atenciosamente,

    Ana Carolina dos Santos

    darci
    18-02-2014

    Gostaria sabe um galpão 10x8. Qual a quantia de galinha que posso criar neste espaço.

    Resposta do Portal Cursos CPT
    19-02-2014

    Olá, Darci!

    Agradecemos sua visita e comentário em nosso site.

    A densidade, para criação de galinhas poedeiras, deve ser de 4 unidades por m².

    Para mais informações, conheça o Curso CPT Galinhas Poedeiras - Cria e Recria.

    Atenciosamente,

    Ana Carolina dos Santos

    weverton farias da silva
    11-02-2014

    pretendo iniciar um pequeno negocio com galinhas de postura,na chácara mesmo,como fazer, os ninhos da maneira mais barata possível?

    Resposta do Portal Cursos CPT
    14-02-2014

    Olá, Weverton!

    Agradecemos sua visita e comentário em nosso site.

    As aves devem ser alojadas dentro de galpões claros e com janelas. Devem ser bem ventilados e protegidos por cortinas artificiais e, conforme a localização, por cortina de vento vegetal. Em regiçoes quentes, utilize o sombreamento do telhado com leucenas, na face do sol que incidir à tarde.

    A cama deve manter-se seca e com crosta e a atmosfera que envolve as galinhas não deve conter amoníaco. A cama não pode ser proveniente de material que contenha resíduos químicos.

    As superfícies da cama devem estar em harmonia com a metragem utilizável, isto quer dizer que a superfície da área de criação diminui quando são descontados os lugares da ração e dos bebedouros.

    As densidades máximas não podem ser atingidas, caso o ambiente e o estado sanitário dos animais não estejam bem controlados. Pode haver diferença entre criações mesmo que os galpões sejam homogêneos.

    O número de aves por galpão é de no máximo 1.050 no 1º dia.

    Tendo em conta a criação em liberdade, e que não se deve concentrar as aves no pecurso em volta do galpão, é recomendável dois tipos de galpões com uma largura máxima de 8 metros:

    - o galpão fixo não deve exceder a 50 m² e, assim, a densidade de ocupação por m² não pode ultrapassar 10 aves, entendendo-se que a porcentagem de perda não pode exceder a 25 Kg de aves vivas por m²;

    - o galpão móvel, ficnado aberto à noite, a densidade de ocupação é de 20 aves por m², neste caso, a porcentagem de perda não pode exceder a 40 Kg de aves vivas por m²;

    A distância entre os galões deve ser:

    - galpões fixos: 10 m no mínimo; e

    - galpões móveis: 5 m no mínimo.

    Quanto maior a distância entre os galpões, maior a segurança sanitária. tenha sempre em mente este conceito. É obrigatória uma distância de 80 m, no mínimo, entre 2 (dois) lotes de idades diferentes. Esta distância significa ampliação da garantia sanitária.

    Atenciosamente,

    Ana Carolina dos Santos

    Larissa
    04-02-2014

    Bom dia, gostaria de saber qual é a nutrição correta das galinhas poedeiras, de aproximadamente 1 ano de idade. é pra tratar apenas uma vez ao dia ?

    Resposta do Portal Cursos CPT
    05-02-2014

    Olá, Larissa!

    Agradecemos sua visita e comentário em nosso site.

    Os alimentos mais utilizados para compor a ração são:

    - farelo de soja que é rico em proteína e aminoácidos, mas também é fonte de energia, fósforo e cálcio;

    - milho, que é rico em energia, mas também é fonte de proteína, cálcio e fósforo;

    - calcário, que é rico em cálcio;

    - fosfato bicálcico, que é rico em cálcio e fósforo;

    - outros ingredientes com óleo, vitaminas e minerais.

    Na fase de crescimento, a ração é calculada para atender às exigências das aves de acordo com o consumo ad libidum, (à vontade). Elas consomem quantidade de nutrientes calculados para a sua mantença e o seu crescimento corporal e amadurecimento para uma vida de postura.

    Para que isto aconteça recomendamos que procure um médico veterinário, para que seja estabelecido um correto programa de alimentação.

    Atenciosamente,

    Ana Carolina dos Santos

    Victor Gonçalves
    03-02-2014

    Ola, Boa Tarde !

    Qual a melhor ração para dar pintinhos na fase de crescimento ?

    Resposta do Portal Cursos CPT
    03-02-2014

    Olá, Victor!

    Agradecemos sua visita e comentário em nosso site.

    Para pintinhos entre 1 a 21 dias, a ração inicial deve conter grandes concentrações de nutrientes para garantir um ótimo desenvolvimento dos animais.

    O uso de outras rações, como crescimento e engorda, leva ao baixo crescimento das aves. O balanceamento de Proteínas e aminoácidos é de grande importância, além das quantidades de energia, vitaminas e minerais. A ração deverá ser oferecida à vontade dos animais, sendo que nos primeiros 7 dias de vida, devemos manter bandejas à disposição, para facilitar o acesso dos pintinhos.

    Os comedouros devem ter ração em apenas 1/3 de sua capacidade, evitando perdas, promover a limpeza dos mesmos todos os dias pela manhã. Em caso de desenvolvimento menor do que o esperado recomenda-se fornecer a ração inicial até os 28 dias de idade.   

    Fonte: Bigsal

    Atenciosamente,

    Ana Carolina dos Santos

    Rejane Beatriz
    17-01-2014

    Olá, Boa Tarde !!!!!

    Tenho criação de galinhas em meu sitio, quando vou colher os ovos vejo que tem cascas de ovo quebradas no ninho e alguns ovos sujos, o que dou para as galinhas para pararem de comer ovos ????

    Resposta do Portal Cursos CPT
    23-01-2014

    Olá, Rejane!

    Agradecemos sua visita e comentário em nosso site.

    Geralmente as galinhas comem os ovos devido a uma deficiência na ração das galinhas ou até por causa de água, por ser de água de má qualidade ou água quente.

    Deve se ver quais são as fontes principais da proteína e calcio na ração das galinhas. (farelo soja, farinha de carne, fosfato bicalcico e calcario calcitico).
    Para diminuir as percas uma boa dica seria coletar os ovos mais vezes ao dia. Não deixar o ovo lá tanto tempo e a galinha fica tentada a bicar e comer, além de ser primordial o processo de debicagem.

    Atenciosamente,

    Ana Carolina dos Santos

    Victor Gonçalves
    17-01-2014

    Olá, Boa Tarde !

    Qual o nome das rações que posso dar as minhas galinhas para botar ....?

    Resposta do Portal Cursos CPT
    23-01-2014

    Olá, Victor!

    Agradecemos sua visita e comentário em nosso site.

    Para obter e manter uma elevada produção de ovos, é necessário, manter o consumo do alimento em um nível alto.

    E para isto, você deve procurar por rações que contenham em média:

    - 15,5% de proteína bruta;

    - 2.850 Kcal de energia metabolizável por kg;

    - 0,32% de metionina;

    - 0,75% de lisina;

    - 0,35% de fósforo disponível e

    - 3,5% de cálcio.

    A falta de qualquer nutriente implica redução e até completa parada na produção de ovos. Por isso, é importante utilizar rações balanceadas; consulte um técnico para planejar a alimentação de suas aves de maneira adequada.

    Atenciosamente,

    Ana Carolina dos Santos

    Breno Henrique
    11-12-2013

    Oi, boa tarde..!

    Queria saber se tem algum tipo de ração balanceada para dar para minhas galinhas, para botar ?

    Resposta do Portal Cursos CPT
    16-12-2013

    Olá, Breno!

    Agradecemos sua visita e comentário em nosso site.

    A substituição da ração de crescimento ou de recria para a produção, deve ser feita em torno de 24 semanas de vida.

    A utilização eficiente dos alimentos pela ave é muito importante, porque a alimentação representa até 70% do custo de produção.

    Uma franga se utiliza de pequena parte dos alimentos consumidos, para o crescimento, e o restante é para manutenção e produção de ovos. Em média, uma poedeira, após atender suas necessidades de mantença, consome 41 g de ração por cada ovo que ela produz.

    Em galinhas de um ano, o alimento é utilizado principalmente nessas duas ultimas funções. Mas, também, uma parte é usada para recuperar o peso perdido durante a muda de penas, que, normalmente, realiza-se durante os últimos meses do período de postura.

    Assim, entre duas aves de peso vivo igual, aquela que bota maior número de ovos vai consumir maior quantidade de alimento.

    A proporção é a seguinte:

    - se uma galinha põe 60 ovos durante o ano, e uma outra põe 160 ovos, a segunda vai precisar de aproximadamente 4 Kg e 100 g de alimento a mais que a primeira.

    - para manutenção de uma ave com 1 Kg e 600 g de peso, é necessário 0,063 Kg por dia, ou seja, 23,27 kg de alimento por ano.

    Para obter e manter uma elevada produção de ovos, é necessário, manter o consumo de alimento em um nível alto.

    Na fase de produção, as rações devem conter em média:

    - 15,5% de proteína bruta;

    - 2.850 kcal de energia metabolizável por Kg;

    - 0,32% de metionina;

    - 0,75% de lisina;

    - 0,35% de fósforo disponível; e

    - 3,5% de cálcio.

    A falta de qualquer nutriente implica redução e até completa parada na produção de ovos. Por isso, é importante utilizar rações balanceadas; consulte um técnico para planejar a alimentação de sua aves de maneira adequada.

    Atenciosamente,

    Ana Carolina dos Santos

    Raphaella Ribeiro
    16-11-2013

    Adorei a matéria me ajudou muito a estudar. Gostaria de receber por email novidades sobre esta matéria. Obrigada.

    Resposta do Portal Cursos CPT
    18-11-2013

    Olá, Raphaella!

    Agradecemos sua visita e comentário em nosso site.

    Para mais informações sobre galinhas poedeiras cadastramos seu e-mail para receber nosso boletim informativo.

    Atenciosamente,

    Ana Carolina dos Santos

    Marileny
    21-10-2013

    Olá, Boa tarde!!!
    Gostaria de receber por email todas as novidades dessa matéria, pois achei muito interessante e bastante proveitosa.
    Agradeço

    Resposta do Portal Cursos CPT
    22-10-2013

    Olá, Marileny!

    Agradecemos sua visita e comentário em nosso site.

    Para mais informações cadastramos seu e-mail para receber nosso boletim informativo.

    Atenciosamente,

    Ana Carolina dos Santos

    ana borges
    13-10-2013

    Poderia me fornecer uma ração balanceada para minhas galinhas, sou dona de casa, tenho umas 20 no quintal e gostaria de fornecer uma boa ração. Dou milho e ração de postura. Já ouvi falar que tem um preparado mas não sei fazer. Grato Ana

    Resposta do Portal Cursos CPT
    16-10-2013

    Olá, Ana!

    Agradecemos sua visita e comentário em nosso site.

    Você pode fornecer para suas aves de postura os seguintes alimentos: milho, batata-doce, inhame, mandioca, horta, frutas, soja, rami, araruta gigante, bananeira e gramas como: coast-cross, kikuyu, grama-estrela, capim-rhodes, batatais, entre outros.

    Um exemplo de formulação: Para 500 kg de ração de postura

    Fornecer às aves, quando surgir o primeiro ovo.

    Adicionar:

    317 kg de milho; 126 kg de soja; 8 kg de fosfato bic; 45 kg de calcário calc.; 0,500 kg de sais minerais; 0,550 kg de metionina; 1,750 kg de sal comum; 0,100 kg de enxofre.

    Para mais informações conheça o Curso CPT Criação Orgânica de Frangos de Postura e Aves de Postura.

    Atenciosamente,

    Ana Carolina dos Santos

    nelcy lopes
    16-09-2013

    adorei a matéria me ajudou muito. gostaria de receber por email novidades sobre esta matéria

    Resposta do Portal Cursos CPT
    17-09-2013

    Olá, Nelcy!

    Agradecemos sua visita e comentário em nosso site.

    Para mais informações cadastramos seu e-mail para receber nosso boletim informativo.

    Atenciosamente,

    Ana Carolina dos Santos

    ANTONIO NACIBE HENRIQUE
    15-09-2013

    Gostaria de saber se é possível criar galinha caipira para botar ovo em cativeiro tipo (gaiolas).
    Pois minha região é muito quente. Já tenho o galpão todo montado com capacidade para 2500 galinhas.
    Peço orientação se é mais viável galinha Branca ou vermelha ou outra.

    Muito obrigado.

    Resposta do Portal Cursos CPT
    18-09-2013

    Olá, Antônio!

    Agradecemos sua visita e comentário em nosso site.

    A galinha da raça Rhode Insland Red, de plumagem vermelho-escura é uma ave de porte médio, e excelente produtora de ovos e de carne. Chega a produzir até 260 ovos por ano, quando em sistema confinado.

    O sistema intensivo se assemelha muito à criação industrial, no qual se deve fornecer as condições necessárias para o desenvolvimento das aves. Neste sistema, as aves são criadas em galpões por todo o seu ciclo de produção.

    Como ficam em confinamento total, é essencial que o lote seja mantido saudável do início ao fim da criação. É fundamental manter a cama sempre em condições adequadas, utilziando o material apropriado, e que esteja sempre seca e na altura correta.

    Evite introduzir uma densidade maior do que a capacidade do galpão. Equipamentos como bebedouros, comedouros e ventiladores devem ser em número suficiente para atender às necessidades ideais de manejo. Deve-se realizar o controle de pragas e de doenças, bem como o programa de vacinação. Todas são medidas indispensáveis para que se obtenha uma boa produtividade.

    A alimentação na forma de ver picado pode ser fornecida por meio de alimentadores ou através de forragens penduradas em diferentes locais do galpão.

    Atenciosamente,

    Ana Carolina dos Santos

    Ivone Reis
    14-09-2013

    Estou interessada em fazer o curso ou comprar as vídeos aulas das galinhas poedeira, Eu moro na Venezuela e gostarias de saber se posso ter acesso aos materiais em Boa Vista (Roraima), pois e o mais próximo que posso ir do Brasil.

    Resposta do Portal Cursos CPT
    16-09-2013

    Olá, Ivone!

    Agradecemos sua visita e comentário em nosso site.

    Nossas consultoras entrarão em contato com mais informações sobre os cursos de Galinhas Poedeiras.

    Atenciosamente,

    Ana Carolina dos Santos

    wellington zorzetto
    15-08-2013

    Comecei uma criação de galinha caipira tem umas 60 aves fêmea e 4 galos mas brigam muito. Mas gostaria de saber se a galinha para de botar por alguns tempo e porque estou usando quirela de milho milho e ração de poedeira e ficam solta em 5000m tenho galinheiro com 12 ninhos para botarem mas consigo colher 7 ovos ao dia.
    Gostaria de uma orientação nutricional de manejo ou algo mais.
    Obrigado aguardo sua orientação se possível.

    Resposta do Portal Cursos CPT
    19-08-2013

    Olá, Wellington!

    Agradecemos sua visita e comentário em nosso site.

    A alimentação de podeiras é a principal responsável pelo desenvolvimento e produção de aves, o que interfere diretamentre na rentabilidade da criação.

    O programa básico de alimentação de poedeiras é dividido de acordo com a fase em que as aves se encontra, de acordo com sua idade.

    a) programa de alimentação para fase inicial;

    b) programa de alimentação para fase de recria; e

    c) programa de alimentação para a fase de produção.

    Um exemplo: Na fase de recria, as aves devem receber ração com:

    - 16% de proteína bruta, em média;

    - 2.800 Kcal de energia metabolizável/ Kg de ração;

    - 0,25% de metionina;

    - 0,70% de lisina;

    - 0,35% de fósforo disponível; e

    - 0,75% de cálcio.

    Na fase de produção, começa a necessidade de regular a quantidade diária de ração por ave, fornecendo-se somente o que ela necessita para o crescimento. Se deixar à vontade ou formular a ração fora dos padrões, a ave pode engordar, o que causa uma vida produtiva curta. Normalmente, as aves poedeiras comerciais leves consomem de 90 a 110 g de ração por dia. De acordo com a fase em que ela se encontra, adicionam-se mais ou menos nutrientes na ração para atender às suas necessidades. Esse controle faz com que se mantenha a produção adequada, sem que haja aumento exagerado no ganho de peso.

    O ideal é que se tenha sempre a orientação de um veterinário.

    Atenciosamente,

    Ana Carolina dos Santos

     

    jeam ferreira de carvalho
    11-07-2013

    estou a fim de comprar um livro tudo sobre galinhas poedeiras por isso quero saber quanto custa .

    Resposta do Portal Cursos CPT
    11-07-2013

    Olá, Jeam!

    Agradecemos sua visita e comentário em nosso site.

    Nossas consultoras entrarão e contato para mais informações sobre o curso Galinha Poedeiras - Cria e Recria.

    Atenciosamente,

    Ana Carolina dos Santos

    marcelo albuquerque
    16-06-2013

    Bom dia,estou querendo começar uma criação de Galinhas poedeiras precisamente com 500 galinhas tenho uma área para muito mais, consigo um retorno em quanto tempo .

    Resposta do Portal Cursos CPT
    17-06-2013

    Olá, Marcelo!

    Agradecemos sua visita e comentário em nosso site.

    Para mais informações recomendamos que entre em contato com um especialista em avicultura em sua cidade ou região.

    Atenciosamente,

    Ana Carolina dos Santos

    tania cristina carvalho
    18-04-2013

    Gostaria de saber a medida para fazer um galinheiro com inicio de 30 galinhas poedeiras, sendo comprimento, largura quero construir o galinheiro com meia parede de tijolo ou madeira, nas duas laterais e na parte de traz para poder pregar a tela ate a chegada da telha e cobrir com cortina de lona e gostaria que me envia-se se por e-mail, todo material e medida a ser usada sei que vou precisar de bebedouro, comedouro, se vocês pudessem me passar a planta do galinheiro já desenhado e pronto eu lhe agradecia enfim se for possível vocês me fazerem um projeto com tudo incluindo o galinheiro seria bem melhor pra mim espero ansiosa a resposta de vocês .

    Resposta do Portal Cursos CPT
    22-04-2013

    Olá, Tânia!

    Agradecemos sua visita e comentário em nosso site.

    para mais informações sobre a correta construção de uma galinheiro o CPT - Centro de produções Técnicas, possui o curso Criação de Frango e Galinha Caipira.

    Atenciosamente,

    Ana Carolina dos Santos

    rosileide souza
    16-04-2013

    gostaria de saber que tipo de ração para galinha poedeira

    Resposta do Portal Cursos CPT
    17-04-2013

    Olá, Rosileide!

    Agradecemos sua visita e comentário em nosso site.

    Na fase de produção, as rações devem conter em média:

    * 15,5% de proteína bruta;

    * 2.850 Kcal de energia metabolizável por Kg;

    * 0,32% de metionina;

    * 0,75% de lisina;

    * 0,35% de fósforo disponível; e

    * 3,5% de cálcio.

    A falta de qualquer nutriente implica na redução e até completa parada na produção de ovos. Por isso, é importante utilizar rações balanceadas.

    Recomendamos que consulte um técnico para planejar a alimentação de suas aves de maneira adequada.

    Atenciosamente,

    Ana Carolina dos Santos

    Renata Soares de Abreu
    03-04-2013

    bem gostei das informações, mais o motivo da minha consulta, é porque tenho 50 galinhas no meu sitio aonde eu moro, e não consigo fazer com que elas poem ovos, por exemplo estou a uma semana colhendo somente 01 ovo por dia ou as vezes nenhum, elas vivem livres em um espaço muito grande cercado, tem comida a vontade e não consigo ter ovos, alguns dizem que elas precisam de vitaminas, que estão comendo os ovos, enfim se puderem me ajudar.
    obrigado
    Renata

    Resposta do Portal Cursos CPT
    03-04-2013

    Olá, Renata!

    Agradecemos sua visita e comentário em nosso site.

    A substituição da ração de crescimento ou de recira para a de produção, deve ser feita em torno de 24 semanas de vida.

    A utilização eficiente dos alimentos pela ave é muito importante, porque a alimentação representar até 70% do custo de produção.

    Uma franga se utiliza de pequenas parte dos alimentos consumidos, para o crescimento, e o restante é para manutenção e produção de ovos. Em média, uma poedeira após atender suas necessidades de mantença, consome 41g de ração por cada ovo que ela produz.

    Na fase de produção, as rações devem conter em média:

    * 15,5% de proteína bruta;

    * 2.850 Kcal de energia metabolizável por Kg;

    * 0,32% de metionina;

    * 0,75% de lisina;

    * 0,35% de fósforo disponível; e

    * 3,5% de cálcio.

    A falta de qualquer nutriente implica na redução e até completa parada na produção de ovos. Por isso, é importante utilizar rações balanceadas.

    Recomendamos que consulte um técnico para planejar a alimentação de suas aves de maneira adequada.

    Atenciosamente,

    Ana Carolina dos Santos

     

    patricia ariozo
    02-04-2013

    Olá, gostaria de saber se vocês poderiam me passar telefones de granjas que vendem frangas poedeiras com 90 e 120 dias. Por favor com urgência estou precisando de frangas.

    Resposta do Portal Cursos CPT
    02-04-2013

    Olá, Patrícia!

    Agradecemos sua visita e comentário em nosso site.

    Recomendamos que procure um criador em sua cidade ou região para mais informações sobre onde encontrar granjas de comercialização.

    Atenciosamente,

    Ana Carolina dos Santos

    AROLENE PINTO DE OLIVEIRA
    21-03-2013

    Olá, boa noite! Gostaria de saber qual é o consumo de ração de uma galinha poedeira?
    Quantos gramas de ração uma galinha poedeira consome por dia?

    Resposta do Portal Cursos CPT
    22-03-2013

    Olá, Arolene!

    Agradecemos sua visita e comentário em nosso site.

    Uma franga se utiliza de pequena parte dos alimentos consumidos, para o crescimento, e o restante é para manutenção e produção de ovos. Em média, uma poedeira. após atender suas necessidades de mantença, consome 41g de ração por cada ovo que ela produz.

    Em galinhas de um ano, o alimento é utilizado principalmente nessas duas últimas funções. Mas, também uma parte é usada para recuperar o peso perdido durante a muda de penas, que, normalmente, realiza-se durante os últimos meses do período de postura.

    Assim, entre duas aves de peso vivo igual, aquela que bota maior número de ovos vai consumir maior quantidade de alimento, na seguinte proporção:

    * Se uma galinha põe 60 ovos durante o ano, e uma outra põe 160 ovos, a segunda vai precisar de aproximadamente 4kg e 100g de alimento a mais que a primeira;

    * Para manutenção de uma ave com 1Kg e 600g de peso, é necessário 0,063Kg por dia, ou seja, 23,27Kg de alimento por ano.

    Dica: para calcular as necessidades para manutenção das aves com outros pesos vivos, é só levar em conta que a quantidade de alimento é 0,73% do seu peso vivo.

    A exigência energética, diariamente, durante o pico de produção, deve estar entre 460 e  485Kcal por ave.

    Em condições normais, o peso médio deve aumentar entre 18 e 20%, até o pico de produção.

    Quando o ganho de peso for inferior a 18%, aumente a ração 5% em 10g por ave, durante três dias alternados na semana.

    Já quando o ganho de peso for superior a 20%, até o pico de postura, as aves estarão aumentando muito o peso e podem engordar rapidamente. Nesse caso a conduta adequada é iniciar a redução de ração, imediatamente, em  2,0g por semana.

    O melhor horário de fornecer a ração às galinhas e à tarde, para que haja maior disponibilidade de cálcio no intestino delas à noite. Esse cálcio será depositado diretamente na casca dos ovos, pela manhã.

    Para mais informações sobre alimentação de poedeiras o CPT - Centro de Produções Técnicas,  possui os seguintes cursos: Galinhas Poedeiras - Produção e Comercialização de Ovos e Galinhas Poedeiras Cria e Recria.

    Atenciosamente,

    Ana Carolina dos Santos

    vanda lucia
    24-02-2013

    Olá, gostaria de saber qual é o tempo de produção de uma poedeira.

    Resposta do Portal Cursos CPT
    28-02-2013

    Olá, Vanda!

    Agradecemos sua visita e seu comentário em nosso site.

    A criação de aves de postura é dividida em três fases:

    * fase inicial ou de cria, até 6 semanas de idade;

    * fase de recria, até 7 a 17 semanas de idade; e

    * fase de produção, de 18 a 76 semanas.

    A fase de produção pode se estender até 90 a 120 semanas, se você realizar uma ou duas mudas forçadas, que tem o objetivo de fazer com que todas as poedeiras do plantel entre em muda de penas ao mesmo tempo, isto é, uma pausa na produção e muda de penas sincronizadas, visando à exploração das aves por mais um ciclo de produção, prolongando a vidaútil das aves e melhorando a qualidade dos ovos.

    Qualquer dúvida, entre em contato conosco.

    Atenciosamente,

    Natália Parzanini Brum

     

     

    quele
    12-01-2013

    Tenho galinhas que botaram e agora faz 4 meses que não botam. Mas dou ração de postura de boa qualidade mais não sei porque elas não botam alguém sabe me dizer porque? A matéria é muito boa

    Resposta do Portal Cursos CPT
    14-01-2013

    Olá, Quele!

    Ficamos felizes por sua visita e comentário em nosso site.

    Vários fatores podem ser a causa para a escassez de postura de suas galinhas poedeiras. Por isso, recomendamos que procure um veterinário para uma análise mais criteriosa.

    Atenciosamente,

    Ana Carolina dos Santos

    ermelindo garcia franga
    19-11-2012

    Curso Galinhas Poedeiras - Produção e Comercialização de Ovos

    Curso Codornas - Iniciando a Criação

    Curso Criação Orgânica de Frangos de Corte e Aves de Postura

    Curso Codornas - Recria e Reprodução

    Resposta do Portal Cursos CPT
    19-11-2012

    Olá, Ermelindo!

    Nossas consultoras entrarão em contato para mais informações sobre os Curso da Área de Avicultura.

    Atenciosamente,

    Ana Carolina dos Santos


    Outros artigos relacionados à área Avicultura






    O CPT liga para você!





    Exemplo: 31 38997000