Urucum é planta que produz corante natural

Corantes naturais são empregados na indústria alimentícia, farmacêutica, de cosméticos e têxtil

http://cptstatic.s3.amazonaws.com/imagens/enviadas/materias/materia1918/m-urucum.jpg


O principal produto extraído do urucueiro é a bixina, que é uma substância que se encontra na camada de cobertura das sementes.

O urucueiro é uma planta perene, originária da América Tropical, ou seja, da faixa de terra do continente americano compreendida entre os trópicos de Câncer e de Capricórnio, utilizada para produzir corantes naturais. Trata-se de uma cultura de médio porte, que produz por mais de 20 anos. Em nosso país, ela é nativa dos estados do Amazonas, do Pará, do Maranhão, do Ceará e da Bahia, mas é cultivada também em outros estados como Minas Gerais, Espírito Santo, Rio de Janeiro, São Paulo, Paraná, entre outros.

No Brasil, a utilização do urucum foi, primeiramente, feita pelos índios, com o objetivo de obter um corante que servia de pintura para seus corpos e para a proteção da pele contra picadas de insetos e dos raios solares. Atualmente, esses são empregados na indústria alimentícia, farmacêutica, de cosméticos e têxtil. A famosa tintura de urucum em pó é conhecida como colorau, e usada na culinária para realçar a cor dos alimentos. Essa espécie vegetal ainda é cultivada por suas belas flores e frutos atrativos.

O principal produto extraído do urucueiro é a bixina, que é uma substância que se encontra no pericarpo, ou seja, na camada de cobertura das sementes. A partir dessa substância, é possível obter os corantes naturais, com excelentes propriedades. A cada dia é maior o número de indústrias, principalmente as de alimentos, que vêm substituindo os corantes artificiais, utilizados na fabricação de seus produtos, pelos naturais. E essa é a principal razão que vem contribuindo muito para com a expansão da cultura do urucueiro, tornando-a uma boa opção de renda para o produtor.

http://cptstatic.s3.amazonaws.com/imagens/enviadas/materias/materia1918/m-colorau.jpg

A famosa tintura de urucum em pó é conhecida como colorau, e usada na culinária para realçar a cor dos alimentos.

Para a exploração comercial do urucum, é necessário ter conhecimentos sobre alguns aspectos importantes, referentes às características botânicas, aos tipos de solos mais adequados ao seu cultivo; às influências das condições climáticas no seu desenvolvimento e quais são as cultivares mais indicadas para os cultivos comerciais.

Com o objetivo de apresentar a técnica de produção do urucum, abordando a escolha dos cultivares, a produção de mudas, o preparo do solo, plantio, tratos culturais, a colheita e obtenção das sementes e a produção de corantes na fazenda, o CPT – Centro de Produções Técnicas elaborou o curso “Cultivo de Urucum e Produção de Corantes Naturais”, no qual você receberá  informações do professor Abel Rebouças de São José, Doutor em fruticultura, da Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia – UESB.

Após fazer o curso e ser aprovado na avaliação, o aluno recebe um certificado de conclusão emitido pela UOV – Universidade On-line de Viçosa, filiada mantenedora da ABED – Associação Brasileira de Educação a Distância.

O mercado de grãos de urucum tem-se mantido firme, com elevações significativas dos preços. Existem muitas indústrias trabalhando com a planta. Há uma forte valorização dos produtos naturais, pois o uso de corantes artificiais, cujas formulações possuem propriedades cancerígenas, tem sido evitado em países como os Estados Unidos, Japão e alguns da Europa, o que vem criando boas possibilidades para exploração.

 

Cursos Relacionados

Curso Como Montar Uma Pequena Fábrica de Polpas de Frutas Curso Como Montar Uma Pequena Fábrica de Polpas de Frutas

Com Prof. Raimundo Mororó

R$ 298,00 à vista ou em até 10x de R$ 29,80 sem juros no cartão + frete

Saiba mais
Curso Como Montar uma  Pequena Fábrica de Frutas Desidratadas Curso Como Montar uma Pequena Fábrica de Frutas Desidratadas

Com Prof. Pedro Meloni

R$ 298,00 à vista ou em até 10x de R$ 29,80 sem juros no cartão + frete

Saiba mais
Curso Cultivo de Palmeira Real para Produção de Palmito Curso Cultivo de Palmeira Real para Produção de Palmito

Com Prof. Alfredo Frasson

R$ 298,00 à vista ou em até 10x de R$ 29,80 sem juros no cartão + frete

Saiba mais
Curso Processamento de Mandioca - Polvilho Azedo, Fécula, Farinha e Raspa Curso Processamento de Mandioca - Polvilho Azedo, Fécula, Farinha e Raspa

Com Prof.ª Dr.ª Marney Pascoli Cereda

R$ 298,00 à vista ou em até 10x de R$ 29,80 sem juros no cartão + frete

Saiba mais
Curso Cultivo de Urucum e Produção de Corantes Naturais Curso Cultivo de Urucum e Produção de Corantes Naturais

Com Prof. Dr. Abel Rebouças de São José

R$ 298,00 à vista ou em até 10x de R$ 29,80 sem juros no cartão + frete

Saiba mais
Curso Produção e Processamento de Pimenta Curso Produção e Processamento de Pimenta

Com Prof.ª Roseane Mendonça de Figueiredo

R$ 298,00 à vista ou em até 10x de R$ 29,80 sem juros no cartão + frete

Saiba mais

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

O CPT garante a você 100% de segurança e confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Seu comentário foi enviado com sucesso!

Informamos que a resposta será publicada o mais breve possível, assim que passar pela moderação.

Obrigado pela sua participação.

Comentários

Miguel Gomes de Souza

20/06/2016

Maravilhosa matéria em que me inteirei de benefícios dos quais não sabia, pois usava sua forma natural para combater distúrbios cardíacos e radicais livres.

Resposta do Portal Cursos CPT

01/09/2016

Olá Miguel,

Ficamos felizes que tenha gostado do nosso conteúdo.

Atenciosamente,

Ana Carolina dos Santos

Fernanda M.

26/04/2016

Bom dia! Poderia nos indicar fornecedores de Corante Natural de Urucum Pó ?? Obrigada!

Resposta do Portal Cursos CPT

01/09/2016

Olá Fernanda,

Agradecemos sua visita e comentário em nosso site. Você encontra este produto em lojas especializada em produtos naturais.

Atenciosamente,

Ana Carolina dos Santos

ALHO DA CASA

05/12/2013

Bom dia! Estou querendo comprar corante de urucum para comercializar. Vocês têm para vender ou, informar algum produtor? Somos uma ONG e estamos localizados em contagem M.G. Temos como um dos nossos projetos sociais, uma unidade produtiva. Comercializamos nossos produtos.

Resposta do Portal Cursos CPT

01/09/2016

Olá!

Agradecemos sua visita e comentário em nosso site.

Recomendamos que procure em mecanismos de pesquisa como o Google por fornecedores de urucum.

Atenciosamente,

Ana Carolina dos Santos

Aviario Santo Antonio Ltda

07/11/2013

Bom dia, gostaria de saber onde eu posso encontrar o óleo de urucum pra comprar . Obrigado, Paulo Cezar de Abreu, Auxiliar de escritório do Misturador de Ração.

Resposta do Portal Cursos CPT

01/09/2016

Olá, Paulo César!

Agradecemos sua visita e comentário em nosso site.

Recomendamos que procure em casas especializadas em produtos naturais ou mecanismos de pesquisa como o google por lojas que vendem este produto.

Atenciosamente,

Ana Carolina dos Santos

Maria de Fátima Soares

22/07/2013

Gostaria de saber como é feito o corante p culinária, de modo caseiro, já que tenho alguns pés de urucum. obg.

Resposta do Portal Cursos CPT

01/09/2016

Olá, Maria de Fátima!

Agradecemos sua visita e comentário em nosso site.

O colorau pode ser feito de forma artesanal, veja como fazê-lo:

Materiais necessários para a produção do colorau:

- moinho;

- recipientes de alumínio;

- peneira fina de nylon;

- espátula;

- três a cinco quilos de fubá fino ou fubarina para cada quilo de sementes;

- 200 ml de óleo de soja para cada quilo de sementes de urucum;

- balança; e

- sementes de urucum.

Modo de fazer:

1º passo: pesar os ingredientes (fubá, óleo e sementes), sempre considerando as proporções de fubá e de óleo para cada quilo de semente;

2º passo: colocar no recipiente de alumínio as sementes e o óleo de soja e, em seguida, misturá-lo bem até obter um material bem homogêneo;

3º passo: colocar no cilindro misturador do triturador o fubá fino e depois a mistura homegênea de sementes e óleo de soja;

4º passo: ligar o triturador e deixá-lo funcionando durante cinco minutos;

5º passo: colocar, adequadamente, um saco de polietileno trançado (bem limpo) na saída do tubo de descarga do moinho. Depois de decorrido os 5 minutos necessários, abre-se a parte inferior do cilindro, para descarregar o produto no tubo de descarga do equipamento. Assim, o parafuso sem-fim que existe no interior do tubo irá conduzir o produto até a extremidade onde foi colocado o saco de polietileno;

6º passo: peneirar o produto que foi descarregado no saco do polietileno. Este peneiramento tem como objetivo tornar o produto final mais puro, pois os restos das sementes trituradas ficarão retidos na peneira e o colorau passará através dela.

 

katia valeria

10/06/2013

Quero comprar mudas de urucum. Onde comprar? Quero saber a respeito se tem pra onde vender depois se precisa de terra boa por favor me informe

Resposta do Portal Cursos CPT

01/09/2016

Olá, Kátia!

Agradecemos sua visita e comentário em nosso site.

Os corantes de urucum são empregados na indústria alimentícia, farmacêutica, de cosméticos e têxtil.

O principal produto extraído do urucueiro é a bixina, que é uma substância que se encontra no pericarpo, ou seja, na camada de cobertura das sementes. A partir dessa substância, é possível obter corantes naturais, com excelentes propriedades.

A cada dia é maior o número de indústrias, principalmente as de alimentos, que vêm substituindo os corantes artificiais, utilizados na fabricação de seus produtos, pelos naturais. E, essa é principal razão que vem contribuindo muito com a expansão da cultura do urucueiro, tornando-a uma boa opção de renda para o produtor que cultivá-la.

Tipos de solo: o urucueiro é uma planta rústica e resistente e, por isso, adapta-se às diferentes condições de solo, podendo ser cultivado até mesmo em solos de baixa de fertilidade. É claro que, nessas situações, a produtividade será menor que em solos boa fertilidade. Mas, o teor de bixina das sementes não acompanha essa relação, ou seja, mesmo a produtividade  sendo pequena, o teor de bixina será satisfatório, dependendo da cultivar utilizada.

Apesar de se adaptarem a solos de baixa fertilidade, as melhores produtividades são obtidas em solos férteis e com boas características para a agricultura. Portanto, o ideal é que novas lavouras sejam implantadas em locais de solos que apresentem fertilidade de média a alta e que tenham um bom sistema de drenagem, evitando-se, assim, que no período de chuvas a cultura permaneça sob condição de encharcamentos por períodos prolongados.

Atenciosamente,

Ana Carolina dos Santos

adailton barbosa da cunha

04/11/2012

Gostaria muito de sabe informações do urucum, mandioca e pimentas. Gostaria também saber sobre mercado como fazer um projeto sobre estas plantas

Resposta do Portal Cursos CPT

01/09/2016

Olá Adailton,

Agradecemos pela sua visita e comentário em nosso site.

Além do artigo lido, temos uma série de conteúdos já desenvolvidos.

Basta clicar nos links e será automaticemnte redirecionado a eles.

Mandioca: características e novas variedades de espécies

Cultivo e o processamento de mandioca, produto brasileiro com mercado garantido

Pimentão: doenças bacterianas e fúngicas

Cultivo de pimentas é de grande importância no âmbito da agricultura familiar

Em caso de maiores dúvidas, entre em contato conosco novamente.

Atenciosamente,

Natália Mayrink De Lazzari

Outros artigos relacionados à área Agroindústria

Atendimento Online
Quer Facilidade