Atendimento Online

    / / / Agroindústria da produção de cachaça tem grande importância econômica e social
    Artigos que abordam as diversas áreas do conhecimento

    Agroindústria da produção de cachaça tem grande importância econômica e social

    São várias as recomendações para a produção de cachaça de qualidade, com um mínimo de tecnologia, é possível aumentar consideravelmente a produtividade.

    Gostou? Envie a um amigo
    Tamanho da letra Diminuir Aumentar

    A cana-de-açúcar deve atender a um conjunto de características tecnológicas, de produção e microbiológicas que definam a sua qualidade e que tenham influência no seu processamento.

    A cana-de-açúcar deve atender a um conjunto de características tecnológicas, de produção e microbiológicas que definam a sua qualidade e que tenham influência no seu processamento.

     

    A cachaça brasileira é a bebida alcoólica de maior produção no mundo. Esta produção supera 1 bilhão de litros anualmente, sendo a bebida alcoólica mais consumida no Brasil, depois da cerveja. O consumo atual é acima de 70 milhões de doses diariamente, num mercado crescente.

    Aguardente de cana é a segunda bebida alcoólica mais consumida no Brasil. As demais, com exceção da cerveja, apresentam proporções residuais de consumo. Estimativas indicam que acima de 70 milhões de doses sejam consumidas diariamente no Brasil, o que resulta numa cifra de aproximadamente 6 litros/habitante/ano, sem considerar o chamado mercado informal.

    Esse consumo gera uma demanda real pelo produto e, consequentemente, a produção, para supri-la; é um importante setor industrial e uma fonte geradora de empregos diretos e indiretos. Em razão de ser um produto de grande demanda, há um número considerável de pequenos comerciantes que o compram de pequenos fabricantes, fazem suas misturas e distribuem ao mercado varejista. No preparo dessas misturas, podem ocorrer diversos tipos de falhas e até mesmo fraudes, seja pelo desconhecimento do produto, seja por diversos "mitos" existentes no setor. Isto pode expor o consumidor a riscos à sua própria saúde. Apesar do Código de Defesa do Consumidor estar em vigor, no Brasil, desde março de 1991, há ainda um longo caminho a ser percorrido, até que possa ser considerado completamente efetivo.

    Sabendo desse potencial, o CPT – Centro de Produções Técnicas elaborou cursos na Agroindústria da Cachaça. Veja um pouco do que você aprende com eles.

    Cultivo de Cana-de-Açúcar

    Cada etapa de fabricação da cachaça, possui suas regras para obtenção de um produto de qualidade.

    Cada etapa de fabricação da cachaça, possui suas regras para obtenção de um produto de qualidade.

    O cultivo de cana no Brasil tem grande importância econômico-social, dela são produzidos vários subprodutos de grande importância e estima-se que hoje cerca de 1,5 milhão de pessoas estão envolvidas na atividade, seja de forma direta ou indireta. O setor sucroalcooleiro constitui o principal agronegócio brasileiro, com grande diversificação dos produtos provenientes da cana, entre eles, a rapadura, o melaço e a aguardente; produtos muito comercializados com mercados externos. A cana-de-açúcar também é responsável pela alimentação básica do gado. Sua folhagem contém substâncias proteicas, fibras, celulose e sais minerais, e o caule é rico em sacarose.

    Para obtenção de uma cachaça de qualidade, primeiramente temos que dispor de matéria- prima também de qualidade. Para isso, seguir as recomendações de cultivo desde a escolha da variedade, época e técnica de plantio, local ou ambiente de cultivo, tratos culturais, colheita  até o beneficiamento é de suma importância.

    Qualidade deve ser entendida como o conjunto de características da matéria-prima compatível com as exigências da indústria. A cana-de-açúcar deve atender a um conjunto de características tecnológicas, de produção e microbiológicas que definam a sua qualidade e que tenham influência no seu processamento, já que as técnicas empregadas na fabricação de aguardente não conseguem minimizar os efeitos de matéria-prima de baixa qualidade e produtividade. Um estabelecimento competitivo em preço e qualidade tem suas atenções voltadas para a produtividade e a na qualidade da cana-de-açúcar.

    No curso “Cultivo de Cana-de-Açúcar para produção de cachaça”, são apresentadas as técnicas para produzir cana de qualidade e com alta produtividade, valorizando a sua produção de cachaça.

    Produção artesanal

    A produção de cana passa por várias etapas até o produto final que são: a moagem da cana para extração do caldo, fermentação do caldo, destilação e envelhecimento. Cada etapa possui suas regras para obtenção de um produto de qualidade.

    De acordo com o professor José Benício Paes do curso “Cachaça – Produção Artesanal de Qualidade”, “ o produto artesanal tem apresentado grande aceitação no mercado, assim há necessidade de aproveitar esta fase para sua afirmação. O produto deve ser artesanal, mas o fabricante tem que se profissionalizar, para sobreviver”.

    Produção de cachaça orgânica

    A cachaça quando obtida a partir do cultivo orgânico da cana, possui um diferencial, por suas características e sabor.

    A cachaça quando obtida a partir do cultivo orgânico da cana, possui um diferencial, por suas características e sabor.

    Atualmente, um grande número de pessoas está consumindo produtos orgânicos produzidos sem agrotóxicos e fertilizantes químicos. A cachaça quando obtida a partir do cultivo orgânico da cana, possui um diferencial, por suas características e sabor. Do mesmo modo, quando há cuidados com os padrões de qualidade, inerentes ao processo; valorização pelo envelhecimento; e investimento em embalagem, agrega-se ao produto maior valor de mercado, se tornando uma excelente opção de renda para o produtor.

    O cultivo orgânico é realizado sem adubações químicas; não se usam agrotóxicos para controle de pragas e doenças e nem conservantes químicos. Tudo isso permite a obtenção de alimentos naturais, saudáveis, de melhor qualidade, além de favorecer a conservação do solo. Qualquer produto orgânico, antes de ser levado ao mercado, deverá receber um certificado de produto orgânico, o qual é emitido por um dos órgãos certificadores existentes, após criteriosa avaliação.

    O curso “Produção de Cachaça Orgânica” mostra como é a produção de cachaça orgânica a exemplo da Fazenda Vacaro,  localizada no município de Rio de Contas, na Chapada de Diamantina - BA, onde é produzida a Cachaça Orgânica Serra das Almas.

    Após fazer os cursos e ser aprovado na avaliação, o aluno receberá um certificado de conclusão, emitido pela UOV – Universidade On Line de Viçosa, filiada e mantenedora da ABED – Associação Brasileira de Educação a Distância.

    Por: Patrícia Tristão.

     

    Produção de Cachaça


    AVISO LEGAL

    Este conteúdo pode ser publicado livremente, no todo ou em parte, em qualquer mídia, eletrônica ou impressa, desde que contenha um link remetendo para o site www.cpt.com.br.

    Cursos Relacionados

    Curso Cachaça - Produção Artesanal de Qualidade

    Curso Cachaça - Produção Artesanal de Qualidade

    R$ 258,00 à vista ou em até 10x de R$ 25,80
    sem juros no cartão + frete.

    Cód. 5115

    Saiba Mais

    Curso Cultivo de Cana-de-açúcar para Produção de Cachaça

    Curso Cultivo de Cana-de-açúcar para Produção de Cachaça

    R$ 258,00 à vista ou em até 10x de R$ 25,80
    sem juros no cartão + frete.

    Cód. 5404

    Saiba Mais

    Curso Produção de Cachaça Orgânica

    Curso Produção de Cachaça Orgânica

    R$ 258,00 à vista ou em até 10x de R$ 25,80
    sem juros no cartão + frete.

    Cód. 5420

    Saiba Mais



    Deixe seu comentário

    Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

    O CPT garante a você 100% de segurança e confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.


    Outros artigos relacionados à área Biocombustíveis






    O CPT liga para você!





    Exemplo: 31 38997000