Atendimento Online

    / / Criação do peixe tilápia traz possibilidade de exportação
    Artigos que abordam as diversas áreas do conhecimento

    Criação do peixe tilápia traz possibilidade de exportação

    Tilápia do Nilo, espécie mais criada no Brasil, tem excelente paladar, semelhante ao de espécies nobres

    Gostou? Envie a um amigo
    Tamanho da letra Diminuir Aumentar

    A piscicultura é uma atividade que vem crescendo rapidamente, sendo o Brasil um páis com grande potencial para produção de pescado.

    A piscicultura é uma atividade que vem crescendo rapidamente no mundo inteiro, em virtude da alta qualidade da carne dos peixes e da redução gradativa dos estoques marinhos e continentais para exploração pesqueira. Segundo estimativas da FAO, a atual produção de peixes pela aquicultura deverá ser dobrada nos próximos quinze anos, para atender à demanda de mercado.

    Diversos países destacam-se no cenário mundial como grandes produtores de peixes. Apesar de o Brasil não estar entre eles, por causa da sua ainda pequena produção, sempre é citado como um país com grande potencial para produção de pescado, em função das condições climáticas favoráveis e da abundância de recursos hídricos.

    No mundo inteiro, e principalmente no Brasil, o mercado consumidor também está em expansão e esse fato permite que novos produtores possam ingressar na atividade sem que isso resulte em queda no preço da carne de peixe.

    A tilápia se destaca por possuir carne de excelente paladar.

    A criação do peixe tilápia se destaca devido a sua elevada produtividade, sendo a Tilápia do Nilo (Oreochromis niloticus) a mais criada no Brasil. Além de possuir carne de  excelente paladar, semelhante à de espécies nobres como o badejo e o namorado, sem espinhas intramusculares (no meio da carne); a obtenção do seu filé é simples e pode ser feita manualmente, ou com o auxílio de máquinas.

    No curso “Criação de Tilápias”, elaborado pelo CPT – Centro de Produções Técnicas, você encontrará as informações necessárias para ingressar nessa atividade de forma eficiente, obtendo bons lucros.  No curso você receberá informações do Pesquisador Manuel Vazquez Vidal Junior, especialista em piscicultura pela UFV, e do engenheiro de pesca Taciano Cézar Freire Maranhão, chefe do Centro de Pesquisa em Aquicultura do Instituto Ambiental do Paraná.

    Após fazer o curso e ser aprovado na avaliação, o aluno recebe um certificado de conclusão emitido pela UOV – Universidade On Line de Viçosa, filiada mantenedora da ABED – Associação Brasileira de Educação a Distância.

    O processamento da tilápia em filés e outros cortes favorece a sua aceitação pelo consumidor, tanto para uso doméstico como para comercialização em bares e restaurantes. Outro aspecto favorável é o fato de a tilápia ser um peixe consumido em todo o mundo e, principalmente, no mercado norte-americano, que realiza maciça importação de filés sem, contudo, atender a sua demanda. Lembramos, porém, que a chave do sucesso é manter-se constantemente informado sobre os avanços da tecnologia de produção e sobre as variações do mercado consumidor.

     

    Pensando em você, cliente CPT, o Centro de Produções Técnicas disponibiliza gratuitamente um manual prático sobre criação de tilápias, com especificações sobre as principais espécies, a temperatura e o o pH mais adequados para a sua criação, bem como os tipos de alimentação e as formas de reprodução. Tudo elaborado em linguagem simples e ilustrações para melhor exemplificar o conteúdo.

    Portanto, não perca tempo!

     


    AVISO LEGAL

    Este conteúdo pode ser publicado livremente, no todo ou em parte, em qualquer mídia, eletrônica ou impressa, desde que contenha um link remetendo para o site www.cpt.com.br.

    Cursos Relacionados

    Curso Criação de Peixes

    Curso Criação de Peixes

    R$ 258,00 à vista ou em até 10x de R$ 25,80
    sem juros no cartão + frete.

    Cód. 5488

    Saiba Mais

    Curso Criação de Tilápias em Tanques-Rede

    Curso Criação de Tilápias em Tanques-Rede

    R$ 258,00 à vista ou em até 10x de R$ 25,80
    sem juros no cartão + frete.

    Cód. 5430

    Saiba Mais

    Curso Nutrição e Alimentação de Peixes

    Curso Nutrição e Alimentação de Peixes

    R$ 258,00 à vista ou em até 10x de R$ 25,80
    sem juros no cartão + frete.

    Cód. 5295

    Saiba Mais



    Deixe seu comentário

    Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

    O CPT garante a você 100% de segurança e confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.

    Comentários

    jose antonio bemfica
    20-04-2014

    Prezados, quero aprender sobre criação de peixes, a tilápia me interessa.
    gostaria de saber como iniciar, investimento, coisas do gênero.
    obrigado

    Resposta do Portal Cursos CPT
    29-04-2014

    Olá, José Antônio!

    Agradecemos sua visita e comentário em nosso site.

    Dentre as diversas espécies de peixes criadas no país, devemos destacar a criação de tilápias devido ao conjunto de técnicas que são adotadas na sua produção, permitindo elevada produtividade, quando comparada com outras espécies. Além disso, a tilápia é um peixe cuja carne possui excelente paladar, semelhante ao de espécies nobres como o badejo e o namorado, não possuir espinhas intramusculares (no meio da carne); a obtenção do seu filé é simples e pode ser feita manualmente, ou com o auxílio de máquinas.

    As tilápias do gênero oreochromis são as mais cultivadas no mundo. No Brasil. A tilápia do Nilo (Oreochromis niloticus) é a mais criada.

    O processamento da tilapia em filés e outros cortes favorece a sua aceitação pelo consumidor tanto para uso doméstico como para comercialização em bares e restaurantes.

    Outro aspecto favorável é o fato de a tilápia ser um peixe consumido em todo o mundo e, principalmente, o mercado norte-americano realiza maciça importação de filés de tilápia sem, contudo, atender sua demanda.

    O investimento inicial é de R$ 122 mil reais e é necessário em torno de 1000 m² de área.

    Para a implantação de um viveiro de peixes, inicialmente, o produtor deve analisar se tem condições efetivas de desenvolvê-lo, uma vez que, para se tornar lucrativo, demanda investimento inicial considerável em instalações, equipamentos e conhecimentos técnicos e mercadológicos.

    Existem várias maneiras de construção de viveiros. Deve-se optar pelo modelo mais propício ao terreno disponível e de menor custo possível.

    Os viveiros ideais para a prática da piscicultura apresentam forma retangular, com abastecimento e drenagem localizadas em faces opostas no sentido de seu comprimento e profundidade média de 1m com um leve desnível (0,5 A 1,0%) em seu fundo, visando favorecer a remoção de metabólitos e facilitar o manejo necessário.

    O sistema de drenagem deve ser planejado de forma a drenar a água de fundo, que apresenta menores níveis de oxigênio e maiores concentrações de amônia e metabólitos.

    São exemplos de viveiros: o de barragem; o parcialmente circulado com diques; o totalmente circundado com diques; o escavado; o viveiro-berçário e o de tanquerede.

    O Tamanho dos Tanques-Rede

    Quanto mais próximos da tela os peixes ficarem, melhor será seu acesso à água de boa qualidade. Portanto, quanto menores os tanques-rede, maior poderá ser a lotação por metro cúbico, e maior será a produtividade. Entretanto, tanques-rede muito reduzidos ficam impraticáveis, pois requerem uma série de cuidados individuais, tornando muito onerosa a atividade. Tanques-redes de 5 ou 6 metros
    cúbicos são os ideais para tilápias, pois permitem despesca de até 1 tonelada por unidade (lotação 1.250 Kg.). Além do que, essas medidas permitem a utilização de materiais mais leves, como o alumínio.

    Algumas operações de manejo, como uma recontagem ou redistribuição permitem por vezes ser feitas por uma única pessoa.

    Atenciosamente,

    Ana Carolina dos Santos

    MARCELO ADRIANO PEDROSO
    14-10-2013

    Estamos construindo alguns tanque de tilápia, precisamos de um curso para aprimorar o cultivo, fico no aguardo..

    Resposta do Portal Cursos CPT
    15-10-2013

    Olá, Marcelo Adriano!

    Agradecemos sua visita e comentário em nosso site.

    Nossas consultoras entrarão em contato com mais informações sobre o Curso CPT Criação de Tilápias em Tanque-rede.

    Atenciosamente,

    Ana Carolina dos Santos

    wesley frutuoso
    16-09-2013

    Gostaria de saber se elas produzem bem em tanque construidos em concreto, e se é viável a comercialização, mesmo depois do alto custo da construção dos mesmos.

    Resposta do Portal Cursos CPT
    17-09-2013

    Olá, Wesley!

    Agradecemos sua visita e comentário em nosso site.

    Para mais informações recomendamos que procure um técnico especializado para mais informações de como proceder.

    Atenciosamente,

    Ana Carolina dos Santos

    Almir
    25-08-2013

    Eu vivo na Indonésia e gostaria de informações se for possível e como poderia fazer para importar peixes do Brasil por exemplo Pacu e Tambaqui , desde já obrigado pela atenção

    Resposta do Portal Cursos CPT
    27-08-2013

    Olá, Almir!

    Agradecemos sua visita e comentário em nosso site.

    Para realizar a importação de peixes, invertebrados aquáticos ou plantas aquáticas é necessária a autorização do IBAMA.

    As listas das espécies permitidas e proibidas para importação estão descritas no Anexo IV das IN nº203/2008 (água doce) e IN nº202/2008 (água marinha).

    No caso de importação para revenda (lojistas e distribuidores), serão exigidos:
    (a) o registro da empresa junto à Secretaria Especial de Aquicultura e Pesca da Presidência da República - SEAP/PR, na categoria “empresa que comercializa animais aquáticos vivos”,
    (b) o registro junto ao Cadastro Técnico Federal do IBAMA.

    Caso seja uma importação com finalidade de cultivo, o registro da SEAP deverá ser na categoria “aqüicultor”, e a empresa deve estar devidamente licenciada pelo órgão ambiental do estado. Uma mesma empresa pode ter os dois registros.

    Se não houver interesse comercial não são necessários tais registros, mas tal informação deve estar clara no pedido. Os animais importados dessa maneira, assim como seus descendentes, não podem ser alvo de revenda ou cultivo sem autorização do Ibama.

    Em todos os casos a seguir, serão exigidos os documentos referentes a homologação de um Quarentenário, conforme as normas do Ministério da Agricultura.

    No pedido de autorização devem constar as espécies desejadas, com nome científico atualizado e completo, e a quantidade de cada uma. Consultas sobre cada espécie podem ser feitas em diversos livros e sites na internet.

    Para a importação de peixes, o pedido de autorização deverá ser protocolado na Superintendência do Ibama do seu estado. A autorização tem validade de um ano, e para cada transação realizada que envolva transporte internacional, o interessado deverá solicitar também a Licença de Importação (L.I) do Siscomex, junto ao sistema informatizado da Receita Federal – Procure a Receita ou um despachante aduaneiro para maiores informações.

    Para a importação de plantas e invertebrados aquáticos a requisição deverá ser feita via Internet pelo site: www.ibama.gov.br/cites.

    Esteja atento para a necessidade de autorizações CITES para diversas espécies desses animais, em especial alguns corais exóticos.

    Essas orientações não se aplicam a realização de pesquisa científica e/ou didática, que tem regulamentação diferenciada. (Para maiores informações visitar o site www.ibama.gov.br/sisbio)

    (Fonte: Ibama)

    Atenciosamente,

    Ana Carolina dos Santos

    emerson cobalchini
    22-07-2013

    Gostaria de receber artigos que relacionados com a criação de tilápias e filetagem de tilápias fico no aguardo.

    Emerson

    Resposta do Portal Cursos CPT
    24-07-2013

    Olá, Emerson!

    Agradecemos sua visita e comentário em nosso site.

    Para mais informações sobre a criação de tilápias, cadastramos seu e-mail para receber nosso boletim informativo.

    Atenciosamente,

    Ana Carolina dos Santos

    Anselmo bochnia
    25-09-2012

    Estamos iniciando a criação de tilápias mas não temos experiência.
    Gostaria de saber se o CPT tem cursos presenciais sobre criação de tilápias em Curitiba.
    Estou querendo comprar alguns DVD mas não sei qual compro. Quero aprender desde a alevinagem até a engorda da tilápia.
    Obrigado.
    Anselmo.

    Resposta do Portal Cursos CPT
    26-09-2012

    Olá, Anselmo!

    Nossas consultoras entrarão em contato para mais informações sobre os cursos da área Piscicultura.

    Atenciosamente,

    Ana Carolina dos Santos

    abdou Saddi Waress
    18-09-2012

    Sou apreciador da carne da tilápia, saborosa e de fácil manuseio, além de aceitar qualquer tipo de tempero. Crio em represa e além de ser muito suculenta me divirto quando estou pescando,tiro muito bem o filé no estilo mais simples e caseiro mas muito bem aproveitado, Queria saber de que forma mais pratica e simples posso engordá-las.
    Moro na cidade de Goiás-GO, conhecida como Goias Velho-Brasil.

    Resposta do Portal Cursos CPT
    07-11-2012

    Olá Abdou,

    Agradecemos pela sua visita e comentário em nosso site.

    Já temos uma série de conteúdos desenvolvidos que lhe ajudarão em suas dúvidas.

    Basta clicar nos links e será redirecionado a eles:

    Couro de peixe tilápia vira artesanato lucrativo

    Aprenda as técnicas de criação de tilápias e faça parte de um mercado promissor

    Cuidados específicos para criação de tilápias

    Criação do peixe tilápia traz possibilidade de exportação

    Em caso de outras dúvidas, entre em contato conosco.

    Atenciosamente,

    Natália Mayrink De Lazzari


    Mais Artigos que abordam as diversas áreas do conhecimento




    O CPT liga para você!





    Exemplo: 31 38997000